segunda-feira, 5 de dezembro de 2022

Amor e Discernimento

"Esta é a minha oração: que o amor de vocês aumente cada vez mais em conhecimento e em toda a percepção" (Filipenses 1:9)

Você já se perguntou o que orar quando ora por outros cristãos? Paulo realmente nos dá a resposta em Filipenses 1:9-11: "Esta é a minha oração: que o amor de vocês aumente cada vez mais em conhecimento e em toda a percepção, para discernirem o que é melhor, a fim de serem puros e irrepreensíveis até o dia de Cristo, cheios do fruto da justiça, fruto que vem por meio de Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus."

Curiosamente, Paulo está orando para que eles cresçam em amor e discernimento. Às vezes parece que o amor e o discernimento são mutuamente exclusivos. Em outras palavras, algumas pessoas parecem ser muito perspicazes, mas não muito amorosas. E alguns podem ser muito amorosos, mas não muito perspicazes.

As pessoas que dizem ter um ministério de discernimento estão essencialmente dizendo que gostam de discutir e ser desagradáveis. Elas desafiam tudo. E descobri que algumas dessas pessoas são francamente más.

Por outro lado, alguns cristãos são amorosos, mas não discernem. Simplesmente aceitam tudo e todos, independentemente do que acreditem. Mas no que eles acreditam realmente importa. Há um lugar para o discernimento.

Paulo orou para que os crentes em Filipos crescessem em amor. O amor é uma marca de um verdadeiro cristão. Você não pode amar Jesus e não amar o próximo. Você não pode amar a Deus se não estiver disposto a amar seu irmão ou irmã em Cristo.


Na verdade, Jesus disse: “Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros” (João 13:34). Não espere pela emoção. Basta dar um pequeno passo. Faça esse gesto benevolente. Ofereça uma palavra gentil. Comece a fazer coisas amorosas e seu amor crescerá.

Uma marca da verdadeira fé é que você ame seus irmãos e irmãs cristãos.

Um comentário: