segunda-feira, 21 de novembro de 2022

Uma Razão Para Alegrar-se

"Mesmo não florescendo a figueira, não havendo uvas nas videiras; mesmo falhando a safra de azeitonas, não havendo produção de alimento nas lavouras, nem ovelhas no curral nem bois nos estábulos, ainda assim eu exultarei no Senhor e me alegrarei no Deus da minha salvação" (Habacuque 3:17-18)

Dizem que a preocupação é o juro adiantado que pagamos por problemas que raramente surgem. Tentamos justificar a preocupação, é claro: "Não há problema em me preocupar porque estou em uma situação difícil." De muitas maneiras, todos nós estamos — alguns mais do que outros. Mas talvez todos nós só precisemos relaxar um pouco quando pudermos. Você pode pensar: "É fácil falar."

Quero que você considere as seguintes palavras do apóstolo Paulo, que estava escrevendo em circunstâncias adversas. Paulo estava em prisão domiciliar. Havia a possibilidade de ele ser libertado ou decapitado. Ele não sabia qual seria o seu futuro. No entanto, ele nos deu algumas das palavras mais inspiradoras encontradas nas páginas das Escrituras: “Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se! Seja a amabilidade de vocês conhecida por todos. Perto está o Senhor. Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus” (Filipenses 4:4-6).

Amo esses versos. Paulo não estava sentado em uma torre de marfim, inventando teorias práticas. Ele não estava descansando em alguma praia do Mediterrâneo, comendo um falafel e tomando um chá gelado. Este era um homem que estava preso, mas ele foi capaz de dizer: “Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se!”

A propósito, isso é uma ordem do próprio Deus. Em outras palavras, não se alegrar é desobediência a Deus. Qualquer um pode se alegrar quando as coisas estão indo razoavelmente bem. Mas quando estamos enfrentando adversidades, doenças ou morte e nos regozijamos, estamos obedecendo a Deus.

Deus está em Seu trono. Ele te ama e está cuidando de você. Então alegre-se no Senhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário