sexta-feira, 18 de novembro de 2022

Transforme as Suas Preocupações em Orações

"Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus" (Filipenses 4:6)

Há tantas coisas hoje que podem nos deixar preocupados. Existem as preocupações do mundo e as do nosso próprio país. Há preocupações pessoais, com a saúde e preocupações familiares.

Parece que as preocupações estão sempre lá, sempre nos rodeando. Mas a preocupação não é produtiva. Na verdade, é uma falha em confiar em Deus. Em inglês, a palavra preocupação (worry) vem de um termo do inglês antigo que significa “estrangular” ou “asfixiar”. É isso que a preocupação faz, nos sufoca. A preocupação não esvazia o amanhã de sua tristeza; mas esvazia o hoje de sua força.

A pesquisa médica moderna mostrou que a preocupação destrói nossa resistência a doenças. Na verdade, ela adoece o sistema nervoso e, mais especificamente, os órgãos digestivos e o coração. Na verdade, 79 a 90% de todas as visitas a médicos de atenção primária estão relacionadas ao estresse.

Filipenses 4:6-7 nos diz: “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente em Cristo Jesus.”

Precisamos transformar nossas preocupações em oração. Isso requer o desenvolvimento de um reflexo condicionado. Todos nós temos reflexos naturais, como quando tocamos algo quente e imediatamente tiramos a mão. Depois, há um reflexo condicionado, algo que se torna natural depois de termos feito isso tantas vezes. Por exemplo, ficar de pé durante o Hino Nacional ou colocar a mão sobre o coração, é um reflexo condicionado.

Não podemos controlar nosso universo, por mais que tentemos, mas certamente podemos orar sobre isso. Da próxima vez que você for tentado a se preocupar, ore. Transforme suas preocupações em orações.

2 comentários: