sexta-feira, 7 de outubro de 2022

Quando o Evangelho Ganha Vida

" E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: 'Como são belos os pés dos que anunciam boas-novas!'" (Romanos 10:15)

Mesmo que a oração fosse uma coisa difícil de se fazer (o que não é) ou uma coisa desagradável de se fazer (e que também não é), devemos orar porque simplesmente somos ordenados nas Escrituras a fazê-lo. A oração é o caminho designado por Deus para obtermos coisas. Isso não significa que Deus é como um grande Papai Noel no céu. O fato é que a Bíblia nos diz que devemos levar a Deus as nossas necessidades. E todos temos necessidades.

Jesus disse: "Vocês, orem assim: Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia." (Mateus 6:9-11). Jesus ensinou que devemos nos aproximar de Deus com nossas necessidades.

Você tem necessidades agora? Ore sobre isso. Você precisa de Sua provisão? Ore sobre isso. Você precisa do Seu toque de cura? Ore sobre isso. Leve a Deus o seu pedido, e seu Pai Celestial, que sabe que você precisa dessas coisas, o ouvirá.

Tiago 4:2 nos diz: "Vocês cobiçam coisas, mas não as têm; [...] não têm, porque não pedem". Pense nisso. Você pode se perguntar: Por que nunca sei qual é a vontade de Deus para minha vida?

Resposta: Você não tem porque não pede.

Você pode dizer: "Por que nunca tenho a oportunidade de levar as pessoas ao Senhor?"

Resposta: Você não tem porque não pede.

Eu me pergunto quantas respostas à oração estariam esperando por nós se orássemos sobre isso, se apenas disséssemos: “Senhor, eu nunca trouxe isso diante de Ti, mas estou orando sobre isso agora.” O pior cenário é que Deus dirá não. Mas e se Deus disser sim?

Nenhum comentário:

Postar um comentário