terça-feira, 25 de outubro de 2022

A Desgraça da Preocupação

"Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?" (Mateus 6:27)

Um amigo meu que é médico, disse que existe uma condição chamada cardiomiopatia de Takotsuba, mais conhecida como Síndrome do Coração Partido.

Más notícias repentinas, como a morte de um ente querido ou algum outro evento traumático, podem causar medo, pavor e ansiedade. Quando eles nos dominam, a ponta do nosso coração aumenta imediatamente e pode resultar em depressão, dor no peito, insuficiência cardíaca ou até mesmo a morte.

Portanto, a preocupação pode realmente encurtar as nossas vidas. Às vezes, podemos até pensar que é uma virtude se preocupar, mas não é. A preocupação não resolve os problemas; simplesmente cria novos. A preocupação não torna a vida mais longa; só a torna mais desgraçada.

Jesus disse: “Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?” (Mateus 6:27).

No entanto, algumas pessoas estão tentando prolongar suas vidas usando a tecnologia mais recente. Li um artigo outro dia sobre vários bilionários que estão tentando encontrar uma cura para o envelhecimento. Um bilionário quer ter um microchip conectado ao seu cérebro.

Enquanto isso, outros bilionários estão recebendo transfusões de sangue de pessoas saudáveis ​​entre 16 e 25 anos, acreditando que isso reverterá o processo de envelhecimento.

Essas coisas não vão prolongar a sua vida. Deus determina a data de seu nascimento e a data de sua morte. Mas você é responsável pelo o que acontece no meio. Alguém apontou sabiamente que “a vida não se mede pela sua duração, mas pela sua doação.”

Não se preocupe tanto com quanto tempo você vai viver. Em vez disso, pense em como você está vivendo. Todas as manhãs Deus deposita 1.440 minutos em seu banco temporal. Você escolhe como gastará esses minutos. Pense no que você tem feito com esse bem precioso chamado tempo, que Deus dá a cada um de nós todos os dias.

Um comentário: