quinta-feira, 29 de setembro de 2022

Festejando na Fome

"Então disseram uns aos outros: 'Não estamos agindo certo. Este é um dia de boas notícias, e não podemos ficar calados. Se esperarmos até o amanhecer, seremos castigados. Vamos imediatamente contar tudo no palácio do rei'" (2 Reis 7:9)

Em 2 Reis encontramos a história de quatro leprosos famintos que se depararam com um banquete. Os arameus tinham cercado Israel, e todos na cidade estavam morrendo de fome.

A lepra naquela época era essencialmente uma sentença de morte. Então esses quatro caras disseram: “Se resolvermos entrar na cidade, morreremos de fome, mas se ficarmos aqui, também morreremos. Vamos, pois, ao acampamento dos arameus para nos render. Se eles nos pouparem, viveremos; se nos matarem, morreremos” (2 Reis 7:4).

Mas quando chegaram ao acampamento arameu, ficaram chocados ao descobrir que estava vazio. Em algum momento, os arameus ouviram um barulho alto que parecia um exército se aproximando. Então eles correram para as colinas, pensando que estavam sendo atacados.

Enquanto isso, suas barracas estavam armadas com mesas fartas de comida. Enquanto os quatro homens devoravam a comida, eles começaram a se sentir culpados. Eles disseram: “Não estamos agindo certo. Este é um dia de boas notícias, e não podemos ficar calados. Se esperarmos até o amanhecer, seremos castigados. Vamos imediatamente contar tudo no palácio do rei” (2 Reis 7:9). Então voltaram para a cidade e contaram aos outros, e todos puderam comer.

Isso pode estar acontecendo também conosco, como crentes. Nós nos fartamos com a Palavra de Deus e refletimos sobre suas grandes verdades, mas alguma vez nos ocorre compartilhar nossa fé com alguém fora dos muros da igreja?

Você pode não gostar de evangelismo, mas gosta de recomendações? A maioria de nós conversa com as pessoas sobre um ótimo restaurante ou um ótimo filme. Então, não podemos recomendar que alguém acredite em Deus?

A melhor maneira de mostrar o seu amor por alguém é falar sobre Jesus Cristo.

Um comentário: