segunda-feira, 19 de setembro de 2022

Caminhando Com o Bom Pastor

"Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem" (Salmos 23:4)

O Salmo 23:4 muitas vezes é usado para confortar alguém que esteja morrendo. Acho que não há problema nisso, porém não acredito que seja realmente a intenção principal do versículo. O contexto é a imagem de um pastor guiando suas ovelhas em uma situação perigosa: “mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois Tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem.”

Observe que o salmista Davi não diz: “ainda que eu desmaie e morra no vale da sombra da morte” ou “ainda que eu rasteje pelo vale da sombra da morte.” Em vez disso, Davi diz: “ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte.”

Davi estava dizendo: “Vou continuar andando, vou seguir em frente e superar isso.”

Claro que não gostamos de provações. Não gostamos de vales. Na verdade, se pudéssemos escolher nosso caminho, escolheríamos ir de picos em picos e de glória em glória. Iríamos de um dia feliz para outro sem dificuldades, sem tragédia e sem tristeza. Mas não é assim que funciona.

Isso é algo que precisamos saber: o fruto espiritual não cresce no topo das montanhas. Ele cresce em vales. E o verdadeiro fruto, a profundidade e o caráter em sua vida cristã não virão através dos tempos fáceis e felizes, por si só.

Em vez disso, virão de tempos de dificuldade e sofrimento, pois você está sendo conformado à imagem de Jesus Cristo e está aprendendo a confiar completamente n'Ele.

Talvez nesse momento você se encontre em um vale. Não entre em pânico. Saiba que não vai durar para sempre. Jesus, o Bom Pastor, vai fazer você passar por isso. Sua vara e o Seu cajado o confortarão.

2 comentários: