terça-feira, 2 de agosto de 2022

Estamos Acima da Oração?

"Enquanto eu estava falando e orando, confessando o meu pecado e o pecado de Israel, meu povo, e fazendo o meu pedido ao Senhor, ao meu Deus, em favor do seu santo monte" (Daniel 9:20)

Se há um pecado do qual a igreja como um todo seja culpada, eu diria que é a falta de oração.

Por exemplo, se houver um estudo bíblico, a frequência será boa. Se houver um palestrante convidado, será ainda melhor. Se houver música especial ou um artista convidado que as pessoas gostem de ouvir, a presença pode ser ainda melhor.

Mas quando há uma reunião de oração, adivinhe o que acontece? A frequência diminui. Por quê? Porque achamos que não precisamos orar.

Precisamos de mais estudos bíblicos, mais adoração e mais artistas musicais? Há um lugar para isso, é claro. Mas estamos acima da oração agora? Tiago 4:2 diz: “[Vocês] não têm, porque não pedem.”

A Bíblia nos conta sobre uma época em que o profeta Daniel ficou profundamente comovido depois de ler a Palavra de Deus. Ele disse: “Enquanto eu estava falando e orando, confessando o meu pecado e o pecado de Israel, meu povo, e fazendo o meu pedido ao Senhor, ao meu Deus, em favor do seu santo monte” (Daniel 9:20).

Observe que ele orou por seu próprio perdão, mas também orou pelo perdão do seu povo.

Talvez você tenha visto alguém que tenha caído ou se complicando espiritualmente. Então você fala sobre isso com todo mundo. Que tal orar por essa pessoa, em vez disso? Que tal interceder por ela? Por que você deveria fazer isso? Porque, meu amigo, um dia pode ser você.

Qualquer um de nós tem a capacidade de cair em pecado. Portanto, devemos orar e interceder uns pelos outros. Se passássemos tanto tempo falando com Deus sobre os outros quanto passamos fofocando sobre os outros...

Quando foi a última vez que você orou não apenas por suas próprias necessidades, mas também por outra pessoa? É hora de interceder pelos outros em oração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário