sexta-feira, 3 de junho de 2022

Quando a Batalha Começou

"Porei inimizade entre você e a mulher, entre a sua descendência e o descendente dela; este lhe ferirá a cabeça, e você lhe ferirá o calcanhar" (Gênesis 3:15)

O anti-semitismo, o ódio ao povo judeu, é diabólico e remonta a um longo caminho. Depois que Adão e Eva comeram o fruto proibido no Jardim do Éden, Deus disse a Satanás: “Porei inimizade entre você e a mulher, entre a sua descendência e o descendente dela; este lhe ferirá a cabeça, e você lhe ferirá o calcanhar” (Gênesis 3:15).

O jogo tinha começado. As linhas de batalha estavam sendo traçadas, e o Diabo sabia que um libertador, o Messias, chegaria ao local. E o Diabo também sabia que Ele viria através do povo judeu.

Em Êxodo, vemos o Faraó dando o decreto para matar todos os meninos judeus. Mas corajosas parteiras hebreias se recusaram a seguir o seu decreto e salvaram muitos daqueles meninos. Um desses meninos foi colocado em uma cestinha, calafetada com piche ao redor para mantê-la flutuando, e foi colocado no rio Nilo. Aquele bebezinho veio a ser conhecido como Moisés e libertou o povo judeu da escravidão do Faraó.

Então você chega ao livro de Ester, e o diabo está de novo com uma trama para destruir o povo judeu. Mas Deus interveio.

Talvez você esteja num momento de vida em que pense: “Não sinto que Deus esteja comigo. Sinto como se estivesse sozinho.” Se você não for cristão, Deus está com você em um sentido amplo, porque Deus é onipresente. Ele está em todos os lugares. Mas há uma diferença entre Deus estar com você e Deus estar em você.

Isso é realmente o que é ser um cristão. É ter Cristo vivendo dentro de você. Deus quer fazer parte da sua vida. Pode até parecer que Ele não esteja prestando atenção em você. Mas, na verdade, Ele está fazendo mais que isso. Ele está cuidando de você.

Um comentário: