quarta-feira, 8 de junho de 2022

Escolhido e Amado

"Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz" (1 Pedro 2:9)

Imagine por um momento que você poderia de alguma forma conhecer o futuro. Você sabe tudo o que está prestes a acontecer. Sabe quem vai jogar o próximo grande jogo e quem vai ganhar. Sabe como a sua série de TV favorita vai terminar. Sabe quem será eleito presidente ou governador. Sabe como o mercado de ações irá se comportar.

Você acha que isso afetaria as escolhas que faz, caso tivesse esse conhecimento,?

Claro que sim. Você faria escolhas sábias com base nos fatos.

Quando Jesus andou nesta terra, Ele sabia tudo sobre todos. Ele tinha os números deles. Conhecia seus pensamentos. De fato, às vezes Jesus perguntava às pessoas por que elas estavam pensando em determinada coisa.

Então, se você estivesse perto de Jesus, não poderia nem ter um pensamento ruim sem que Ele soubesse. E aqui está a coisa incrível: Ele escolheu Simão Pedro para ser Seu discípulo, mas sabia que Simão Pedro iria falhar com Ele. De fato, Jesus lhe disse: "Simão, Simão, Satanás pediu vocês para peneirá-los como trigo. Mas eu orei por você, para que a sua fé não desfaleça. E quando você se converter, fortaleça os seus irmãos" (Lucas 22:31–32).

Jesus não estava apenas prevendo a queda de Pedro, mas também o retorno de Pedro. Ele sabia que Pedro voltaria.

Às vezes, parece que Deus escolhia perdedores, mas Ele conhecia o panorama geral. Ele conhecia o futuro. E Ele não só conhece o futuro, mas também tem um plano para esse futuro.

Apesar de nossa natureza pecaminosa, apesar de nossas falhas, apesar das altas opiniões que temos de nós mesmos, Deus nos escolheu. E Sua escolha não teve nada a ver com o nosso valor, por si só. Foi baseada em Seu amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário