sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

Certo de Sua Morte

"[...] Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras" (1 Coríntios 15:3)

Um colunista e conselheiro recebeu esta carta sobre a Ressurreição: "Querido Uticus, Nosso pregador disse na Páscoa que Jesus desmaiou na cruz e os discípulos cuidaram dele até Ele recuperar a saúde. O que você acha? Atenciosamente, Desnorteado."

Eis a resposta: "Caro Desnorteado, bata no seu pregador com um chicote de nove pontas dando 39 golpes pesados. Pregue-o em uma cruz. Pendure-o sob o sol por três horas. Passe uma lança pelo coração dele. Embalsame-o. Coloque-o em uma tumba sem ar por 36 horas e veja o que acontece. Atenciosamente, Uticus."

Inevitavelmente, os incrédulos irão propor seus próprios conceitos sobre a crucificação e ressurreição de Jesus na tentativa de desacreditar a Bíblia e sua mensagem. Entre as teorias mais comuns está a "teoria do desmaio", propondo que Jesus não morreu na cruz, mas entrou em coma profundo, ou desmaiou. Propõe ainda que Ele foi revivido na atmosfera fresca do túmulo, foi de alguma forma capaz de sair das tiras de pano bem amarradas e apareceu aos seus discípulos.

No entanto, os guardas romanos foram os primeiros a relatar a morte de Jesus. Eles eram especialistas em execução, e eles mesmos seriam condenados à morte se permitissem que um condenado escapasse da morte. Esses soldados estavam tão certos de que Jesus estava morto que não se preocuparam em quebrar suas pernas. Eles enfiaram uma lança em seu corpo e saíram sangue e água (o que ocorre quando o coração para de bater), dando-lhes a prova final de que precisavam.

Podemos acreditar ou pendurar nossas dúvidas em alguma teoria questionável. Mas a morte e ressurreição de Jesus significa que um dia, todos nós estaremos diante de Deus e seremos responsabilizados por nossas ações

Um comentário:

  1. Como alguém pode ter um pensamento tão incoerente como esse, ainda mais sendo uma pessoa que prega. O que passa pela cabeça dece pregador se ele tem esse pensamento à respeito do que ele conhece dá biblia o melhor é não falar ou pregar mais.

    ResponderExcluir