terça-feira, 23 de novembro de 2021

Instinto de Retorno

“Ele fez tudo apropriado a seu tempo. Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade; mesmo assim este não consegue compreender inteiramente o que Deus fez” (Eclesiastes 3:11)

Eu absolutamente não possuo nenhuma habilidade de localização. Estou sempre me perdendo, por isso gosto de usar o GPS. No entanto, as pessoas têm sido enganadas ao usar o GPS. Li sobre uma mulher de Boston, que virou à direita nos trilhos de um trem, guiada pelo GPS. O pior foi que a van dela ficou presa nos trilhos. Ela e os filhos conseguiram escapar com segurança antes que o trem batesse na van.

Em Oregon, um casal ficou preso na neve por três dias, ao seguirem as direções do GPS e irem parar em uma estrada remota, impossível de passar.

Acho que, às vezes, "GPS" poderia significar também: "Guiando a um Possível Sumiço."
Ele pode sim, eventualmente lhe causas problemas.

Deus criou certos animais com o que chamamos de "instinto de retorno", ou um GPS interno. Deus colocou esse instinto de retorno em nós, humanos, feitos exclusivamente à sua imagem e semelhança. A princípio não sabemos o que é, mas sabemos que, a partir do nosso nascimento, estamos em uma constante busca.

Começamos com brinquedos; pensamos que, se ao menos tivéssemos tal brinquedo, ficaríamos felizes. Depois, mais velhos, pensamos que certo cargo, relacionamento ou coisa nos fará felizes. E então, descobrimos que, o que realmente estamos procurando, é Deus. Possuímos o instinto de retorno direcionado ao céu. Ficamos com saudade de uma "casa" na qual nunca estivemos. Deus nos programou assim.

A Bíblia diz que Deus "pôs no coração do homem o anseio pela eternidade" (Eclesiastes 3:11). Uma vez que descobrimos isso, descobrimos que o nosso último destino, enquanto seguidores de Jesus, é o céu. Isso muda o jeito que pensamos, e muda o jeito como vivemos.

11 comentários: