sexta-feira, 10 de setembro de 2021

Abba, Pai

"Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temer, mas receberam o Espírito que os adota como filhos, por meio do qual clamamos: 'Aba, Pai'" (Romanos 8:15)

Meus netos me chamam de “papai”. Outro dia, um dos meus netos disse: “Colo, papai!” que significa: “Pegue-me!” Como você pode dizer não a isso? É um termo afetuoso. Outras pessoas não podem me chamar de "papai", porque esse termo é baseado no meu relacionamento com meus netos.

Jesus disse: “Vocês, orem assim: ‘Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome” (Mateus 6:9). A Bíblia nos diz: “Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temer, mas receberam o Espírito que os adota como filhos, por meio do qual clamamos: Aba, Pai”. A palavra Abba é mais ou menos o equivalente em hebraico a "Pai" ou "Papai". Não pense em seu Pai celestial como distante ou desinteressado. Em vez disso, pense Nele como um Pai afetuoso e amoroso.

Talvez a ilustração mais vívida de como é nosso Pai celestial seja encontrada na história que Jesus contou na chamada parábola do Filho Pródigo. Normalmente, a ênfase desta história está no filho, mas poderíamos facilmente chamá-la de parábola do Pai Amoroso. É a história de um pai que tinha dois filhos. Um filho se perdeu, arruinou a sua vida, desperdiçou a sua herança, voltou a si e voltou para casa. Quando ele ainda estava muito longe, seu pai o viu, correu até ele, abraçou-o e o beijou. Então, ele o restaurou à plena condição de filho.

Nosso Pai Celestial é como um pai que sente a falta de seu filho ou filha. Ele anseia por se comunicar conosco. E Ele vai recebê-lo de braços abertos se você vier até Ele.

Temos um Pai celestial que sempre estará lá. Temos um Pai que escuta. Temos um Pai que ama. Temos um Pai celestial.

6 comentários: