terça-feira, 20 de abril de 2021

Um Momento Crucial

"Quando Paulo se pôs a discorrer acerca da justiça, do domínio próprio e do juízo vindouro, Félix teve medo e disse: 'Basta, por enquanto! Pode sair. Quando achar conveniente, mandarei chamá-lo de novo'" (Atos 24:25)

Uma fábula é contada sobre três demônios aprendizes que estavam vindo para a Terra para terminar seu período de aprendizado. Eles estavam conversando com Satanás, o rei dos demônios, sobre seus planos para tentar e arruinar a humanidade.

O primeiro disse: "Direi a eles que Deus não existe."

O Diabo disse: "Não, isso não vai funcionar. As pessoas sabem que Deus existe."

O segundo disse: "Vou dizer a eles que não há Inferno."

"Não", disse o Diabo, "a maioria das pessoas, no fundo de seus corações, sabe que existe um julgamento à frente."

O terceiro disse: "Direi a eles que não há pressa."

"Vá", disse Satanás, "e você os arruinará aos milhares."

É assim que funciona a procrastinação. Ela não diz: "Eu não vou fazer isso." Isso é muito conclusivo, muito absoluto. Em vez disso, a procrastinação diz: "Depois resolvo isso."

Em Atos 24, encontramos a história de um mestre procrastinador, um líder romano chamado Félix. Ele teve a oportunidade de ouvir um dos maiores pregadores que já existiram: o apóstolo Paulo. Mas Félix não aceitou imediatamente a mensagem que Paulo proclamou.

Dá-nos a impressão que este foi o grande momento de decisão de Félix, quando ele percebeu que tudo se encaixava. A convicção do Espírito estava lá. O reconhecimento de sua necessidade de Deus estava lá. Ele provavelmente reconheceu intelectualmente a verdade do evangelho. Mas disse a Paulo: "Basta, por enquanto! Pode sair. Quando achar conveniente, mandarei chamá-lo de novo" (Atos 24:25).

A repetição atenua a potência da verdade. Quanto mais ouvimos algo, mais imunes podemos nos tornar à informação. E quando as pessoas fazem isso com o evangelho, podem se tornar insensíveis à própria verdade, que pode tê-las anteriormente sensibilizado. No final, elas serão julgadas pela própria mensagem que poderia tê-las libertado.

5 comentários:

  1. NÃO SE DEIXEM ENGANAR !!! TODOS VAMOS SER JULGADOS !!! AMÉN.
    DEUS VOA ABENÇOE.

    ResponderExcluir
  2. Muitas pessoas adiam a aceitar a Jesus Cristo como senhor das suas vidas,por isso estão vivendo enganadas pelo diabo por não tomar a decisão certa

    ResponderExcluir
  3. Verdade eu creio nesta palavra Deus e fiel estou todos os dias a espera da sua vinda glória a Deus

    ResponderExcluir