terça-feira, 27 de abril de 2021

Além do Nosso Alcance

"Não estou dizendo isso porque esteja necessitado, pois aprendi a adaptar-me a toda e qualquer circunstância" (Filipenses 4:11)

Tendemos a pensar que a satisfação vem daquilo que temos. Se eu tivesse mais dinheiro, estaria satisfeito. Se fosse um pouco mais inteligente... Se fosse um pouco mais bonito... Se fosse um pouco mais bem-sucedido... Se tivesse mais oportunidades para pregação... É uma busca sem fim por algo que está sempre um pouco além do nosso alcance.

O apóstolo Paulo disse: "Aprendi a adaptar-me a toda e qualquer circunstância" (Filipenses 4:11).

Ele estava na cadeia quando fez essa declaração. Ele não recebeu seu contentamento de uma teoria de sala de aula; foi da escola da vida, a escola das duras quedas. Ele provou dor e prazer, saúde e doença, fraqueza e força, abundância e penúria. Foi herói para uns e vilão para outros. E foi um homem que encontrou satisfação plena.

É interessante que Paulo tenha usado o termo "aprendi": "Aprendi a adaptar-me a toda e qualquer circunstância." Na língua original, a palavra para "aprendi" era usada geralmente pelos pagãos na hora de mencionar algum feito especial ou a iniciação em alguma verdade oculta. Paulo estava dizendo: "Olhem só! Fui iniciado. Encontrei uma verdade oculta. Encontrei o segredo da satisfação."

A palavra que Paulo usou para "adaptar" também é importante. Significa autossuficiência. No contexto dessa carta, significa suficiência em Jesus Cristo. Paulo estava, com efeito, dizendo: "Não importa onde eu esteja. Estou satisfeito." Resumia-se apenas à sua relação com Deus.

A nossa satisfação não vem do que temos; vem da nossa relação com Jesus Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário