quinta-feira, 4 de março de 2021

Bebês Espirituais

"Portanto, deixemos os ensinos elementares a respeito de Cristo e avancemos para a maturidade, sem lançar novamente o fundamento do arrependimento de atos que conduzem à morte, da fé em Deus" (Hebreus 6:1)

Como pai e avô, sei por experiência própria que bebês dão muito trabalho. Por exemplo, é trabalhoso ensinar um bebê a comer. Claro que há comida de bebê, e depois vem a comida sólida, que precisa ser cortada em pedacinhos para os bebês! E às vezes um bebê não quer comer, então você tem que pensar em maneiras criativas de fazer o bebê comer a comida. As crianças precisam aprender a comer a sua comida, cortar a sua comida e, finalmente, preparar a sua comida! Isso se chama crescer.

Muitas pessoas, entretanto, nunca crescem espiritualmente. Elas fizeram um compromisso inicial com Cristo, mas nunca entenderam realmente o que significa ser um seguidor de Jesus totalmente comprometido. Resumindo, elas não responderam ao que a Bíblia chama de discipulado.

A vida cristã é mais do que simplesmente fazer uma oração de compromisso com Cristo. É seguir Jesus não apenas como seu Salvador, mas também como seu Senhor. Se sua única fonte de inspiração espiritual é ouvir outras pessoas pregando sermões, você ficará em um estado relativamente fraco espiritualmente. Existe um momento para ensinar e pregar, mas você tem que aprender a cortar a sua própria comida, por assim dizer. Você tem que aprender a como se alimentar espiritualmente.

O que Hebreus 6:1 quer nos dizer é "vamos parar de revisar os ensinos básicos sobre Cristo repetidas vezes. Em vez disso, prossigamos e amadureçamos o nosso entendimento. Certamente não precisamos começar novamente com a importância de nos arrepender das más ações e colocar nossa fé em Deus.”

Resumindo, precisamos crescer como crentes e não ser bebês espirituais para sempre. Precisamos crescer para ser homens e mulheres de Deus.

2 comentários: