quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Enviados Para Dar Testemunho

"Ele próprio não era a luz, mas veio como testemunha da luz" (João 1:8)

João Batista foi o último dos profetas do Antigo Testamento. Não apenas isso, ele foi o maior profeta que já viveu. Sua vida e ministério não foram apenas significativos. Foram extremamente significativos. 

Em sua época, João era uma figura de destaque nacional. É importante notar que o antigo historiador Josefo escreveu mais sobre a vida de João Batista do que sobre Jesus Cristo. João era tão conhecido, tão popular e revolucionário, que alguns até pensaram que ele fosse o próprio Messias.

A Bíblia diz a respeito de João: "Ele veio como testemunha, para testificar acerca da luz, a fim de que por meio dele todos os homens cressem. Ele próprio não era a luz, mas veio como testemunha da luz" (João 1:7–8).

A fim de que por meio dele todos os homens cressem... A palavra dele não se refere a Jesus, mas a João. Diz que João não era a luz, ele estava apenas dando testemunho da luz. E também está dizendo que por meio dele as pessoas podiam acreditar. Em outras palavras, Deus estava trabalhando por meio de João.

João era um homem popular. Muitas pessoas o admiravam. Se João quisesse, ele poderia ter sido um grande líder. Ele poderia ter ganhado muito dinheiro. Mas João sabia que não era essa a questão. Ele estava lá para apontar Jesus às pessoas. Ele usou a sua popularidade e o impulso que Deus lhe deu, para apontar a direção certa às pessoas.

Você tem um certo grupo de pessoas sobre as quais exerce influência. Você tem pessoas em sua família. Você tem pessoas em sua vizinhança. Você tem pessoas em seu local de trabalho que lhe admiram. Elas respeitam a sua opinião. Você pode aproveitar a influência que Deus lhe deu e usá-la para a Sua glória.

4 comentários:

  1. UMA EXCELENTE MENSAGEM !!! AMÉN.
    DEUS VOS ABENÇOE.

    ResponderExcluir
  2. Mensagem edificante!!!
    Amém,fica na paz!!!!

    ResponderExcluir
  3. Todo aquele que se envolve com as coisas do Reino e a toma por verdade passa a ter uma semelhança com Cristo.

    ResponderExcluir