sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

Divina Providência

"Eu sei, Senhor, que a vida do homem não lhe pertence; não compete ao homem dirigir os seus passos" (Jeremias 10:23)

Às vezes, nós entendemos as circunstâncias de nossas vidas; às vezes, elas nos confundem. Fazemos nossos planos, mas Quem prevalece é Deus... sempre.

Não há nada de errado em fazer planos para amanhã, para o mês que vem ou para o ano que vem. Mas lembre-se de que o Senhor pode mudar os nossos planos. Ele, e não você, é quem está no controle de sua vida. O profeta Jeremias escreveu: "Eu sei, Senhor, que a vida do homem não lhe pertence; não compete ao homem dirigir os seus passos" (Jeremias 10:23). É-nos dito em Provérbios 16:9: "Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos." E Provérbios 20:24 diz: "Os passos do homem são dirigidos pelo Senhor. Como poderia alguém discernir o seu próprio caminho?" A isso chamamos divina providência.

Isso não significa que nada de ruim acontecerá aos bons, e até mesmo aos santos. Mas significa que mesmo quando coisas ruins aconteçam, Deus pode trazer o bem a partir do mal. Romanos 8:28 nos recorda que "Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito". Contudo, o bem que Deus promete não se realiza plenamente até que estejamos no Céu.

Há coisas na vida que podemos ver e dizer: "Isso foi ruim, mas olhando para trás vejo que resultou em algo bom." Mas há, por outro lado, coisas pelas quais passamos na vida sem tirar nada de bom delas. Ou, pelo menos, não visivelmente. E só quando passarmos para o outro lado e virmos o Senhor face a face, é que as entenderemos.

Devemos perceber que Deus está no controle de todas as circunstâncias que cercam as nossas vidas. Deus nos ama e está sempre zelando pelo nosso benefício eterno.

3 comentários: