terça-feira, 1 de dezembro de 2020

Subordinado à Liderança do Senhor

"Um anjo do Senhor disse a Filipe: 'Vá para o sul, para a estrada deserta que desce de Jerusalém a Gaza'" (Atos 8:26)

Imagine se Deus viesse até você um dia e dissesse: “Vá para Salitre, na região do cariri cearense (Brasil), e eu lhe direi o que fazer depois.”

No livro de Atos, é basicamente assim que Filipe sentiu quando um anjo do Senhor falou com ele e disse: “Vá para o sul, para a estrada deserta que desce de Jerusalém a Gaza” (Atos 8:26)

Com muita facilidade Felipe poderia ter argumentado e dito: “E fazer o quê? Pregar para os lagartos? Está muito quente, até para eles. Você quer que eu deixe este lugar de avivamento onde o Espírito Santo está sendo derramado e onde milagres estão sendo realizados, para que eu vá para o meio de um deserto? Para fazer o que?"

Mas Felipe não discutiu. A Bíblia nos diz: “Então ele se levantou e partiu” (versículo 27). Teria sido compreensível se Filipe tivesse questionado essa ordem ou fosse como Jonas que, quando lhe foi dito para ir a Nínive pregar a palavra do Senhor, pegou um barco na direção oposta. Felizmente, para crédito de Felipe, ele foi para o deserto.

O anjo não disse a Filipe o que aconteceria quando ele chegasse lá. Ele não tinha um projeto detalhado. Ele estava sendo conduzido com um passo de cada vez. O caminho de Deus se torna claro quando começamos a andar nele. A obediência à verdade revelada garante orientação em questões não reveladas.

Se quisermos levar outros a Cristo, precisamos estar abertos e obedientes à liderança do Espírito Santo. O Senhor mostrou a você algo a ser feito? Então faça. Porque há um tempo para esperar e há um tempo para andar. Há tempo para semear e tempo para colher.

2 comentários: