terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Para o Mundo Inteiro

"E lhes disse: 'Vocês sabem muito bem que é contra a nossa lei um judeu associar-se a um gentio ou mesmo visitá-lo. Mas Deus me mostrou que eu não deveria chamar impuro ou imundo a homem nenhum" (Atos 10:28)

É muito fácil reclamar de alguém preso em certo pecado até que conheçamos pessoalmente uma dessas pessoas. Pode ser um amigo próximo ou um membro da família. Talvez conheçamos alguém que tenha um filho que se perdeu. Talvez o nosso próprio filho se tenha perdido. E agora, de repente, quando está na nossa porta de entrada, já não é o mesmo. Agora existe um rosto ligado ao pecado. E é muito mais difícil ser tão desconectado, duro e afiado.

Não estou sugerindo que o pecado seja menos pecado. Estou dizendo que, quando está conectado a alguém que conhecemos, de repente o vemos de uma maneira um pouco diferente. Há um pouco mais de compaixão por essa pessoa. Queremos ajuda,r em vez de simplesmente condená-la.

Deus chamou Pedro e o restante dos apóstolos para levar o evangelho ao mundo inteiro - não apenas ao mundo judaico. Mas depois que seis anos se passaram, esse novo grupo de crentes estava praticamente ficando dentro dos limites do Judaísmo.

Esse não era o plano de Deus, porque o Judaísmo estava apontando para o cumprimento de Jesus como o Messias. Tudo o que se encontra no Antigo Testamento, incluindo os sacrifícios de animais, apontava para algo ainda a ser cumprido - e esse algo era Alguém. Jesus não veio para acabar com a lei, mas para cumpri-la. Ele fez isso na cruz e em Sua ressurreição.

Que Deus nos ajude a ir aonde Ele quer que vamos, a quem Ele quer que vamos, com a mensagem que Ele quer que levemos. Muitos ainda não ouviram o evangelho. Que sejamos os instrumentos que Ele usaria para levar o evangelho a essas pessoas.

4 comentários: