sexta-feira, 13 de novembro de 2020

Ele Nos Ama

"No entanto, quando ouviu falar que Lázaro estava doente, ficou mais dois dias onde estava." (João 11:6)

Lázaro estava doente. Mas, em vez de ir vê-lo em Betânia, Jesus esperou intencionalmente mais dois dias. Ele, então, chegou a Betânia quatro dias após a morte de Lázaro.

Às vezes, pode parecer que Jesus é completamente indiferente aos nossos problemas, ou que Ele não faz o que esperamos que Ele faça.

Marta e Maria esperavam que Jesus curasse o seu irmão Lázaro. Talvez até pensaram: "Ele vai nos decepcionar. Talvez orar não funcione."

Mas João 11:5 nos diz: “Jesus amava Marta, a irmã dela e Lázaro.” Jesus demorou para chegar em Betânia, mas lemos que Ele amava Marta, Maria e Lázaro.

No texto original, a palavra amor é a palavra grega ágape, que significa um amor sacrificial, independente se é ou não correspondido. É a mesma palavra usada em João 3:16, que diz: "Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna." Jesus morreu por cada pessoa. Deus nos ama independente de quem somos ou se O amamos.

Curiosamente, quando Marta e Maria mandaram avisar que Lázaro estava doente, elas disseram: “Senhor, aquele a quem amas está doente” (João 11:3). A palavra que elas usaram para amor é a palavra grega phileo. É um “amor fraternal”, o amor entre amigos.

Marta e Maria pensaram apenas na amizade, mas Jesus pensou no amor sacrificial. Elas estavam pensando apenas em seu conforto temporal, mas Jesus estava pensando em seu benefício eterno. Elas queriam uma cura; Ele queria uma ressurreição. Jesus queria fazer muito além do que elas poderiam pedir ou pensar.

6 comentários: