quinta-feira, 19 de novembro de 2020

Jesus e o Cético

"E Jesus disse a Tomé: 'Coloque o seu dedo aqui; veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. Pare de duvidar e creia'"(João 20:27)

Depois que Jesus ressuscitou dentre os mortos, a Bíblia nos diz que "mais tarde Jesus apareceu aos onze enquanto eles comiam; censurou-lhes a incredulidade e a dureza de coração, porque não acreditaram nos que o tinham visto depois de ressurreto" (Marcos 16:14).

Estes discípulos, ouvindo o Senhor ressuscitado aparecendo para Maria, não acreditaram. O mais falante do grupo era Tomé. Ele disse: "[...] se eu não vir as marcas dos pregos nas suas mãos, não colocar o meu dedo onde estavam os pregos e não puser a minha mão no seu lado, não crerei" (João 20:25).

Oito dias depois, quando os discípulos (incluindo Tomé) se encontraram sob portas trancadas, Jesus apareceu e disse a Tomé: "Coloque o seu dedo aqui; veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. Pare de duvidar e creia" (versículo 27). "Disse-lhe Tomé: 'Senhor meu e Deus meu!'" (versículo 28). Naquele dia, Tomé, o cético, tornou-se Tomé, o crente.

Deus pode pegar uma pessoa cética e transformá-la em crente. Como é que eu sei disso? Porque ele fez isso comigo. Não havia pessoa mais cética do que eu. Depois de tudo o que vi e ao que fui exposto, fiquei muito cético quando ouvi pela primeira vez as promessas e reivindicações de Cristo.

O cético pensa: "Mostre-me, e eu acreditarei." Mas eu digo: "Acredite, e Ele vai te mostrar." Aquele que está disposto a dar esse passo de fé e acreditar, ficará surpreso com o que Deus fará.

Deus pode mudar os céticos — se eles vierem até Ele.

4 comentários: