terça-feira, 20 de outubro de 2020

Precisamos de Propósito

"Daniel, contudo, decidiu não se tornar impuro com a comida e com o vinho do rei, e pediu ao chefe dos oficiais permissão para se abster deles." (Daniel 1:8)

Em Daniel 1, lemos como o rei Nabucodonosor trouxe Daniel e seus três amigos, Sadraque, Mesaque e Abed-Nego, para a sua corte e testou a lealdade deles a Deus, oferecendo-lhes iguarias babilônicas. Você pode ter certeza de que era uma das melhores comidas da terra.

Mas Daniel e seus amigos não comeram as iguarias, porque para eles isso era uma questão de princípios. Pode ser porque a comida era dedicada a deuses pagãos ou porque parte dela era proibida pela Lei Mosaica, e eles eram judeus. Seja qual for o caso, eles estavam dispostos a ser leais a Deus.

Pode parecer que eles foram muito legalistas, mas foi esse compromisso que lhes fortaleceu para enfrentar os desafios que surgiram mais tarde na vida. Se Sadraque, Mesaque e Abed-Nego tivessem falhado nesse teste, eles nunca teriam conseguido ficar firmes quando chegou a hora de se curvarem diante do rei. Eles teriam cedido à pressão e se curvado diante do ídolo de ouro que o rei havia erguido. Mas quando todos se curvaram, eles se levantaram porque eram homens de propósito.

E se Daniel não tivesse passado neste teste, ele não teria tido coragem para se levantar, ou no caso dele, para se ajoelhar e orar a Deus, mesmo que o rei tivesse assinado um decreto que tornava esse ato ilegal.

Esses eram homens de propósito. Você é um homem ou uma mulher de propósito? Sem propósito e direção, a vida é um desperdício.

5 comentários: