sexta-feira, 2 de outubro de 2020

A Necessidade Mais Importante de Todas

"Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação, perseverem na oração" (Romanos 12:12

Nabucodonosor conquistou a maior parte do mundo antigo civilizado. E quando não havia mais guerras para lutar, ele voltou suas energias para a Babilônia. Com toda a riqueza que acumulou e os escravos que adquiriu levando as pessoas para longe de sua terra natal, Nabucodonosor teve oportunidades incomparáveis ​​de fazer o que quisesse.

Algumas das maravilhas arquitetônicas do mundo estavam na Babilônia. Com 105 metros de altura e 26 de largura, as muralhas da cidade de Babilônia tinham espaço suficiente para seis carros andarem lado a lado. Os 100 portões da cidade eram feitos de bronze polido e um único palácio cobria 11 acres (mais ou menos 5 quarteirões). Um salão de banquetes acomodava 10.000 pessoas. Era um lugar muito impressionante.

No entanto, apesar do fato de que Nabucodonosor estava seguro atrás de seus muros altos e portões maciços, com guardas à sua disposição, Deus penetrou em tudo e atingiu o seu coração. Nabucodonosor teve um sonho perturbador (Daniel 2:1).

Algumas das pessoas mais difíceis de alcançar são aquelas que estão descansando em suas casas. Aquelas que, por causa de tudo o que possuem, podem não ver a sua real condição espiritual. Acho que é um erro apelar apenas para pessoas infelizes, solitárias e vazias quando compartilhamos o evangelho. A maior parte das pessoas não está infeliz, vazia e solitária em todos os momentos. A vida delas pode estar relativamente bem.

Não estou dizendo que Jesus não alcança pessoas infelizes, solitárias e vazias. Mas devemos ir para a necessidade mais profunda de todas: seu destino eterno.

O que é verdade para cada pessoa em qualquer momento, é que ela irá para um de dois lugares além do túmulo - junto à Deus ou longe dele. A única coisa a lembrar é que não existe pessoa, independentemente de quanto ela seja famosa ou poderosa, que esteja além do alcance da oração.

3 comentários: