terça-feira, 4 de agosto de 2020

Furacão Graça

"Entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram. De repente, uma violenta tempestade abateu-se sobre o mar, de forma que as ondas inundavam o barco. Jesus, porém, dormia" (Mateus 8:23,24)

O filme Mar em Fúria conta a história de uma tempestade real na costa de Massachusetts em 1991, que foi a tempestade mais forte já registrada na história. A chamada "tempestade perfeita" foi o resultado de três tempestades que se combinaram em uma só, criando uma situação quase apocalíptica no Oceano Atlântico. Duas tempestades existentes foram atingidas por um furacão, ironicamente chamado de Furacão Graça (ou Grace). A combinação desses três elementos climáticos produziu um monstruoso furacão de mais de 3.200km de largura que produziu ondas de 30m.

Em Mateus 8:23-24, encontramos uma história dos discípulos de Jesus diante do que poderia ser descrito como o seu Furacão Graça. Diz que "Entrando [Jesus] no barco, seus discípulos o seguiram. De repente, uma violenta tempestade abateu-se sobre o mar, de forma que as ondas inundavam o barco. Jesus, porém, dormia."

Observe que o versículo 23 diz: "Seus discípulos O seguiram". E onde isso levou? Direto para uma tempestade. Essa tempestade veio porque os discípulos obedeceram ao Senhor, não porque eles O desobedeceram. Às vezes, quando surgem problemas, dizemos que são resultados de desobediência. Mas o fato é que uma tempestade, na verdade,  pode ser também resultante da obediência.

Deus pode usar as tempestades em nossas vidas para realizar os Seus propósitos. Como diz o ditado, o mesmo martelo que quebra o vidro também forja o aço. Às vezes, pode parecer que seria melhor nunca passarmos por uma tempestade. Achamos que a vida sempre deve ser fácil. Mas há coisas que aprendemos nas tempestades. Há coisas que aprendemos em dificuldades e crises, que não aprenderíamos de nunhuma outra forma.

Na vida, se não há provações, não há triunfos. Deus tem Seus propósitos nas tempestades. E assim como Jesus estava com os Seus discípulos, Ele também estará conosco.

2 comentários: