quinta-feira, 2 de julho de 2020

Voltando à Vida

"Então não nos desviaremos de ti; vivifica-nos, e invocaremos o teu nome" (Salmos 80:18)

O Brasil precisa de um despertar, mas a igreja precisa de um reavivamento. Costumamos usar as palavras reavivamento e despertar como sinônimos, mas há uma diferença entre elas. Um despertar é quando uma nação ganha vida espiritualmente, vê a sua necessidade de Deus e se volta para Ele. Um reavivamento é quando o povo de Deus volta à vida espiritual novamente.

Reavivamento significa simplesmente trazer de volta à vida, restaurar. Ser revivido é acordar de um estado de sono. Como C. S. Lewis apontou: "Um homem moderadamente ruim sabe que não é muito bom: um homem completamente mau pensa que está bem... Você entende o sono quando está acordado, não enquanto está dormindo." Em outras palavras, se você pensa que é uma ótima pessoa, alguém sem problemas, está realmente mais adormecido do que imagina.

O reavivamento é o retornar. É o levantar. O reavivamento significa voltar à vida cristã, como ela deveria ser vivida. O reavivamento é o florescer do primeiro amor por toda a vida, caminhando em estreita colaboração com o Senhor. Você não pode sempre ter essas emoções iniciais que teve enquanto um novo crente, assim como não pode sentir as mesmas borboletas no estômago que tinha quando conheceu seu(ua) companheiro(a). Isso não é realista. Mas seu amor pode crescer mais. Seu amor pode se fortalecer.

É assim que devemos ser como seguidores de Jesus. Precisamos da fé dos cristãos do primeiro século, a fé que deixou o mundo de cabeça para baixo. O reavivamento nada mais é do que uma nova obediência a Deus. Então é, para citar Nietzsche, uma "longa obediência na mesma direção."

Somente Deus pode enviar um despertar para o Brasil. Mas o reavivamento pode acontecer aqui e agora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário