sexta-feira, 31 de julho de 2020

Vá e Não Peques Mais

"Declarou Jesus: 'Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado'" (João 8:11)

Ouvi alguns cristãos dizerem: "Deus me ama do jeito que eu sou, e é assim que eu sou." Sim, Deus nos ama do jeito que somos, mas Ele quer nos mudar.

Jesus disse à mulher que foi apanhada em adultério: "Nem eu também te condeno; vá e não peques mais" (João 8:11). Como ele pôde dizer isso? Ela ainda era imoral; ela simplesmente foi apanhada em flagrante. Ele poderia dizer isso porque em pouco tempo, na cruz do Calvário, receberia pessoalmente a condenação que ela deveria ter enfrentado.

Observe outra coisa que é muito importante. Ele não disse a ela: "Vá e não peques mais, e como resultado, não te condenarei." Nesse caso, quem poderia cumprir esse requisito? Ele também não disse: "Apenas siga seu caminho alegre e, da próxima vez que você errar, espero vê-la novamente."

Antes, Jesus estava dizendo: "Nem eu também te condeno. Agora, como reconhecimento disso, vá e não peques mais." Seu ato de perdão foi seguido por um desafio. Isso é importante, porque implícito em Sua declaração era um aviso para não continuar vivendo daquele jeito.

Jesus está dizendo o mesmo para nós. Devemos deixar o nosso estilo de vida de pecado. Isso não significa que temos que ser perfeitos, porque ninguém é. Não significa que precisamos ficar sem pecado, mas sim que pecaremos menos. Deus quer nos mudar. A Bíblia diz: "Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!" (2 Coríntios 5:17).

Nossa identidade não deve estar no que éramos, mas em quem somos.

4 comentários: