segunda-feira, 6 de julho de 2020

E a Dúvida?

"Olha dos altos céus, da tua habitação elevada, santa e gloriosa. Onde estão o teu zelo e o teu poder? Retiveste a tua bondade e a tua compaixão; elas já nos faltam!" (Isaías 63:15)

Você já lutou com a dúvida? Dúvida não é necessariamente um sinal de que uma pessoa esteja errada; é um sinal de que ela está pensando.

Há momentos na vida em que as coisas não fazem sentido para nós, mesmo como crentes. Talvez algo tenha acontecido que lhe tenha feito coçar a cabeça e perguntar: "Onde está Deus nisso tudo?" Talvez você tenha orado por algo e Deus parecesse calado. Ou, Ele poderia ter feito algo para corrigir a sua situação, mas parecia estar de má vontade, intencionalmente arrastando os pés, ou nem prestando atenção. Isso fez com que você momentaneamente tivesse dúvidas. 

Como se diz, a dúvida não é o oposto da fé; é um elemento dela. Às vezes, podemos pensar que Deus está fazendo algo e na verdade, Ele não está. Ou não entendemos por que Ele fez uma determinada coisa. Quando a tragédia atinge a vida de um cristão, nos perguntamos o por quê. Por que Deus fez isso?

O problema é que interpretamos Deus à luz da tragédia, e não o contrário. Em vez de interpretar Deus à luz de nossa tragédia, devemos interpretar nossa tragédia à luz de Deus. Lembre-se que Deus está no controle... que Ele te ama... que Ele pode trabalhar "em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito" (Romanos 8:28). 

Perceberemos no último dia, quando estivermos diante de Deus, que Ele nunca ficou de má vontade. Vamos entender por que Ele fez ou não fez o que queríamos que Ele fizesse. 
Até aquele dia, precisamos confiar n'Ele e segui-Lo.

Um comentário:

  1. EXCELENTE MENSAGEM PARA MEDITARMOS E PRATICARMOS. AMÉN.
    DEUS VOS ABENÇOE.

    ResponderExcluir