terça-feira, 16 de junho de 2020

A Escolha Que Todo Cristão Tem Que Fazer

"Filhinhos, guardai-vos dos ídolos. Amém" (1 João 5:21)

Um relato das páginas da história da igreja fala de um cristão corajoso que viveu nos dias do Império Romano. Preso por ser um seguidor de Cristo e um pregador do evangelho, o homem foi levado perante o imperador de Roma, que lhe disse para desistir de Cristo ou ser banido.

O cristão respondeu: "Você não pode me banir de Cristo, pois Deus diz: 'Eu nunca te deixarei ou te abandonarei.'"

O governante disse: "Confiscarei sua propriedade".

"Meus tesouros estão guardados no céu", respondeu o cristão. "Você não pode tocá-los."

"Então eu vou te matar."

"Estou morto para o mundo em Cristo há quarenta anos", disse o cristão. "Minha vida está escondida com Cristo em Deus. Você não pode tocá-la."

Voltando-se para outros membros de sua corte, o imperador disse com desgosto: "O que vocês podem fazer com um fanático?"

Chegará um momento na vida de todo cristão em que ele terá que optar por se curvar ou não diante de alguém ou de alguma coisa. A Bíblia diz: "Filhinhos, guardai-vos dos ídolos. Amém" (1 João 5:21). Um ídolo é alguém ou qualquer coisa que substitua Deus em sua vida. Um ídolo pode ser uma pessoa. Pode ser um relacionamento. Pode ser o seu carro ou a sua casa. Pode ser a sua carreira. Pode ser o seu físico. Um ídolo é algo que é mais importante para você do que o próprio Deus. É algo diante do qual você efetivamente se curve e faça com que você comprometa a sua fé.

Hoje precisamos de cristãos que se posicionem. Muitas vezes nos comprometemos. Nós nos curvaremos. Vamos ceder porque não é politicamente correto ou popular. Mas vamos lembrar que um pouco com Deus é melhor do que muito sem Ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário