quarta-feira, 20 de maio de 2020

Foi Perdoado? Então Perdoe

"Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores." (Mateus 6:12)

A disputa entre as famílias Hatfields e McCoys foi uma das mais longas da história americana. Uma família vivia em West Virginia, e a outra no Kentucky, em lados opostos do grande rio Tug Fork. Os conflitos aconteceram, uma pessoa foi morta, depois outra. E quando acabou, mais de duas dúzias de pessoas foram mortas.

A nossa sociedade não valoriza o perdão. Na verdade, o perdão é frequentemente visto como um sinal de fraqueza, não de força. A nossa cultura estima a vingança e o dar o troco. Acreditamos no velho ditado: "Não fique bravo. Vingue-se." 

Mas na oração que conhecemos como o "Pai Nosso", Jesus nos ensinou a orar: "Perdoa as nossas dívidas, assim como nós também perdoamos os nossos devedores" (Mateus 6:12).

A palavra dívidas neste verso poderia ser melhor traduzida como "pecados". Em outras palavras, perdoa os nossos pecados - ou as nossas ofensas, ou as nossas faltas, ou os nossos ressentimentos, ou o mal que cometemos, e que devemos a Ele.

Ao contrário do que podemos pensar, não passamos um dia sem pecar. Mesmo que não violemos um mandamento de Deus, certamente ficamos aquém do padrão Dele. Temos pensamentos e atitudes pecaminosos. Cometemos pecados de omissão, deixando de fazer o bem quando poderíamos fazê-lo. A Bíblia diz: "Se afirmarmos que estamos sem pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós" (1 João 1:8).

Precisamos pedir a Deus todos os dias que nos perdoe dos nossos pecados. E, ao recebermos esse perdão, também devemos estendê-lo aos outros. Segundo Jesus, nosso perdão generoso e constante aos outros deve ser o resultado natural de nossa compreensão do perdão que Deus nos concedeu.

Simplificando: pessoas perdoadas deveriam ser pessoas que perdoam.

2 comentários:

  1. DEVEMOS PERDOAR SEMPRE !!! AMÉN.
    DEUS VOS ABENÇOE.

    ResponderExcluir
  2. Não é fácil, mas vale a pena perdoar, principalmente quando plenamente compreendemos o amor de Deus por nós.

    ResponderExcluir