segunda-feira, 20 de abril de 2020

A Fé Que Não Pode Falhar

"'Venha', respondeu ele. Então Pedro saiu do barco, andou sobre a água e foi na direção de Jesus" (Mateus 14:29)

Pedro é frequentemente usado como um exemplo do que não fazer e do que não dizer. Mas Pedro também nos forneceu uma demonstração exemplar e surpreendente de fé.

Encontramos a história em Mateus 14, quando os discípulos estavam no mar da Galileia e uma tempestade surgiu. Eles entraram em pânico e pensaram que estavam prestes a se afogar, mas então Jesus apareceu, caminhando em direção a eles na água. Os discípulos pensaram que Ele era um fantasma, mas Jesus disse: "Tende bom ânimo, sou eu, não temais" (Mateus 14:27).

Então Pedro disse: "'Senhor, se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas" (Mateus 14:28). Então Jesus disse: venha! E Pedro foi. Ele andou sobre a água.

Se a gente já não gosta de molhar os pés - Pedro estava disposto a molhar todo o corpo para caminhar na água até Jesus. Era uma fé real, ativa, muscular, arriscada. Eu adoro isso. Parece que essa era a coisa mais irracional que uma pessoa poderia fazer. Mas fé é a recusa de entrar em pânico. A fé não tem porta dos fundos. Não havia rede de segurança. Pedro não estava usando boias de braço para o caso de não dar certo. Ou ele ia andar sobre a água ou afundaria. Como Pedro conseguiu sair daquele barco e andar sobre a água? Ele olhou para Jesus.

Mas o versículo 30 nos diz que quando Pedro "reparou no vento, ficou com medo e, começou a afundar." No momento em que Pedro tirou os olhos de Jesus, ele começou a afundar. Foi um lapso de falta de fé.

Enquanto você olhar para Jesus, coisas incríveis poderão acontecer. Quando você se concentra em Jesus e busca a Sua glória, Deus pode fazer coisas milagrosas.

Um comentário: