sexta-feira, 6 de março de 2020

Termômetro ou Termostato?

"No sexto mês Deus enviou o anjo Gabriel a Nazaré, cidade da Galileia" (Lucas 1:26)

É interessante como algumas cidades são conhecidas por certas coisas. Roma é conhecida como a Cidade Eterna. Paris é chamada a Cidade Luz. Nova York é a cidade que nunca dorme. E Las Vegas foi apelidada de Cidade do Pecado.

Nazaré também poderia ter sido chamada de Cidade do Pecado no primeiro século. Estava tomada por soldados romanos; era uma daquelas cidades que serviam de passagem para quando você estava viajando para outro lugar; Nazaré também era conhecida por seu pecado. Um autor a descreveu como foco de corrupção. É por isso que, quando Natanael ouviu que Jesus era de Nazaré, ele perguntou: "Pode vir alguma coisa boa de lá?" (João 1:46).

Imagine se Jesus nascesse hoje. Poderíamos esperar que Ele nascesse em Jerusalém, ou talvez em Roma, Londres ou Paris. Mas e se ele tivesse nascido em Las Vegas? O Salvador chegou: Jesus de Las Vegas. Assim era usar o termo Jesus de Nazaré naquela época.

Naquela cidade perversa, no entanto, vivia uma jovem de sangue real. Vivendo em um mundo impuro, Maria era pura. Ela mostrou que é possível viver uma vida santa, num lugar profano. Muitas vezes culpamos nossa sociedade perversa pela maneira como somos, mas o fato é que é nosso trabalho como seguidores de Jesus, permear e afetar a nossa sociedade.

Eis uma pergunta: você é um termômetro ou um termostato? Um termômetro é afetado por seus arredores. Dependendo da temperatura, ele sobe ou desce. Por outro lado, um termostato afeta seus arredores. Ao contrário do termômetro, ele controla o ambiente ao seu redor.

Você apenas reage ao que está acontecendo ao seu redor ou tem algum tipo de impacto sobre isso? Você está mudando a cultura, ou a cultura está mudando você?

Nenhum comentário:

Postar um comentário