terça-feira, 17 de março de 2020

O Chamado do Discipulado

"Então Elias saiu de lá e encontrou Eliseu, filho de Safate. Ele estava arando com doze parelhas de bois, e estava conduzindo a décima-segunda parelha. Elias o alcançou e lançou a sua capa sobre ele" (1 Reis 19:19)

O ministério do grande profeta Elias estava chegando ao fim. Deus o havia instruído a passar o seu manto, o que significava que o chamado que Deus colocou na vida de Elias estava prestes a ser colocado no sucessor de Elias. Seria simbolizado pelo fato de Elias retirar o seu manto e entregá-lo a outra pessoa de maneira simbólica.

Curiosamente, o homem a quem Elias passou o seu chamado tinha um nome semelhante: Eliseu. Eliseu não precisava aceitar o chamado para ser o profeta da nação de Israel. Ele poderia ter dito: "De jeito nenhum. Estou fora. Isso é demais para mim." Mas ele não o fez. Ele aceitou prontamente.

Elias estava fazendo o que todo cristão maduro deveria fazer. Se você é um pregador, missionário ou crente, apenas vivendo a sua vida nesse mundo muito difícil, então é chamado para ajudar os outros. Depois de conhecer o Senhor há um tempo, você precisa orientar outras pessoas. As mulheres mais velhas devem orientar as mulheres mais jovens. Homens mais velhos devem orientar homens mais jovens.

Francamente, isso faz parte da Grande Comissão. A Grande Comissão não é apenas pregar o evangelho. A Grande Comissão implica em ir e fazer discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a observar todas as coisas que Ele lhes ordenou (Mateus 28:19-20).

O objetivo é contar às pessoas sobre Jesus, tentar conduzi-las ao Senhor e, em espírito de oração, colocá-las sob as suas asas e ajudá-las a se levantar espiritualmente.

Todos temos um papel a desempenhar. Acho que em algum momento, o evangelismo foi isolado do discipulado. Mas você precisa de cristãos mais jovens - e os cristãos mais jovens precisam de você.

Um comentário: