quarta-feira, 4 de março de 2020

Nos Bons e Maus Tempos

"Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito" (Romanos 8:28)

Podemos agradecer, mesmo quando os tempos estão difíceis. Uma coisa é agradecer quando as coisas estão indo bem. Mas também podemos agradecer quando as coisas não vão bem.

Dos muitos salmos bonitos que Davi escreveu, um dos meus favoritos é o Salmo 63: "O teu amor é melhor do que a vida! Por isso os meus lábios te exaltarão. Eu te bendirei enquanto viver, e em teu nome levantarei as minhas mãos" (Versículos 3-4).

Podemos pensar que Davi escreveu esse salmo enquanto estava relaxando em um belo dia de sol. Mas não foi esse o caso. Na verdade, Davi escreveu esse salmo no exílio, enquanto fugia de seu filho Absalão, que estava tentando tomar o seu trono. Não apenas isso, mas Davi já era um homem idoso a essa altura. Ele estava com angústia e dor pessoal.

Podemos louvar ao Senhor nos bons tempos, e podemos louvar ao Senhor nos maus momentos. E, a propósito, acho que não entenderemos completamente o que é bom ou ruim deste lado do céu. Quando somos mais jovens, pensamos que certas coisas são boas e outras ruins. Sucesso? Sempre bom. Dificuldade? Sempre ruim. É assim que pensamos.

Porém, depois de vivermos por um tempo, podemos olhar para trás e dizer: "Na verdade, o sucesso pode ser ruim para alguns. E as dificuldades podem ser boas para outros." Começamos a olhar as coisas de maneira diferente. Às vezes, as coisas que pensávamos ser realmente boas, acabavam sendo ruins. E as coisas que pensávamos ser ruins, eram realmente boas.

O Senhor pode pegar todas as coisas, boas ou más, e de acordo com Romanos 8:28, trabalhá-las em conjunto "para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito."

Nenhum comentário:

Postar um comentário