segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Razões Para Perdoar

Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade.
Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo.

Efésios 4:31,32
"Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade.
Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo" (Efésios 4:31-32).

Mesmo sem conhecê-lo, sei algo sobre você: você já ficou magoado em algum momento de sua vida. Você já teve pessoas que lhe disseram coisas cruéis. Você já teve pessoas que lhe fizeram coisas ruins. Já houve incidentes em sua vida nos quais você foi tratado injustamente.

Alguns querem justificar que não há necessidade de perdoar aqueles que os ofenderam porque eles não merecem perdão. Mas eles têm que se perguntar se eles mesmos merecem perdão. Como C. S. Lewis apontou: "Todo mundo diz que o perdão é uma ideia adorável, até que tenha algo a perdoar."

Eis o que a Bíblia tem a dizer sobre perdoar aqueles que nos prejudicaram:
"Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. [...] Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo" (Efésios 4:30,32).

O mandamento de Deus para perdoar deveria ser suficiente. Mas deixe-me oferecer outro motivo pelo qual devemos aprender a perdoar: Isso pode na realidade, prolongar as nossas vidas. Estudos recentes sugerem que aqueles que não perdoam têm mais probabilidade de sofrer de hipertensão arterial, crises de depressão e problemas com raiva, estresse e ansiedade. A Dra. Charlotte Van Oyen Witvliet, pesquisadora do Hope College, disse: "Se você está disposto a fazer o esforço necessário para perdoar, há benefícios tanto emocionais quanto físicos."

As pessoas que estudam os benefícios médicos do perdão, têm chegado à mesma conclusão que a Bíblia chegou há muito tempo: É saudável perdoar os outros.

2 comentários: