quarta-feira, 1 de janeiro de 2020

As 3 Coisas Que Podemos Dar a Deus em 2020

"Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração" (Mateus 6:21)

Ao entrarmos num ano novo, eis uma coisa a lembrar: no fim das contas, três coisas temos para oferecer a Deus: nosso tesouro, nosso talento e nosso tempo. Cada uma dessas coisas nos foi dada por Deus e cada uma delas deve ser devolvida em porções generosas.

Primeiro, o nosso tesouro. Eu exorto você a se comprometer a dar fiel e generosamente ao Senhor no ano vindouro. Jesus disse: "onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração" (Mateus 6:21). Quando pomos dinheiro em algo, passamos a ter um interesse investido naquilo. Faz sentido pôr o nosso tesouro aonde o nosso coração estiver. Se amamos livros, diversão ou tecnologia, gastamos nosso tesouro nessas coisas. E se os desejos de nosso coração mudam, também muda onde pomos nosso tesouro. Mas também acontece o inverso: o coração vai aonde pomos nosso tesouro. Você quer que o seu coração esteja nas coisas de Deus? Então ponha os seus tesouros nas coisas de Deus! Tenha interesse investido no reino de Deus.

A segunda coisa que podemos dar a Deus é o nosso talento. Deus concedeu dons a cada cristão de modos diversos. Todos têm algo a oferecer à obra do reino. Romanos 12 diz: "Assim como cada um de nós tem um corpo com muitos membros e esses membros não exercem todos a mesma função, assim também em Cristo nós, que somos muitos, formamos um corpo, e cada membro está ligado a todos os outros. Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada."

Por fim, nosso tempo. Digamos que um dia o seu telefone tocasse e fosse o presidente do seu banco. E ele dissesse que um doador anônimo que lhe ama muito, havia decidido depositar 86.400 centavos na sua conta todos os dias pela manhã. Primeiro, talvez não parecesse muito. Mas aí você se daria conta de que eram R$864 por dia. Com sete dias por semana e 52 semanas por ano, esses centavos dariam quase R$315.000 por ano! Mas o presidente do banco acrescentaria um detalhe: "O doador anônimo diz que você deve gastar todo o dinheiro no dia em que o receber! Nenhum saldo fica para o dia seguinte. A cada manhã o banco zera toda quantia que não tenha sido usada no dia anterior. Lembre-se: o que não for gasto será perdido."

Pode parecer fantasia, mas é a realidade: a cada manhã, alguém que lhe ama muito, deposita em seu "banco de tempo" 86.400 segundos, que representam 1.440 minutos, e que equivalem, é claro, a 24 horas, todos os dias. Deus lhe dá tudo isso para usar a cada dia. Nada fica de crédito para o dia seguinte - não existe dia de 27 horas. Chama-se tempo e não se pode fugir dele. O tempo está passando agora mesmo. A Bíblia nos manda viver "remindo o tempo" — fazendo uso santo e sábio de cada oportunidade.

Ofereça a Deus seu tesouro, seu talento e seu tempo. Viva 2020 como se fosse seu último ano, pois pode ser. Faça valer esses minutos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário