quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

Quando Um é Maioria

"Somente não sejam rebeldes contra o Senhor. E não tenham medo do povo da terra, porque nós os devoraremos como se fossem pão. A proteção deles se foi, mas o Senhor está conosco. Não tenham medo deles!" (Números 14:9)

Às vezes, quando os crentes experimentam um pouco de desconforto ou alguma dificuldade, a primeira coisa que querem fazer é abandonar sua fé. Mas a vida cristã não é um parque de diversões; ela está mais para um campo de batalha.

Deus não quer que fujamos de nossos gigantes. Ao contrário, Ele quer que os ataquemos. Quando os doze espias israelitas retornaram de Canaã, dez relataram que "gigantes" estavam morando lá (ver Números 13:33). Mas esses supostos gigantes não eram do tipo dos contos de fadas; eles eram apenas pessoas grandes.

Josué e Calebe disseram aos israelitas: "Somente não sejam rebeldes contra o Senhor. E não tenham medo do povo da terra, porque nós os devoraremos como se fossem pão. A proteção deles se foi, mas o Senhor está conosco. Não tenham medo deles!" (Números 14:9). Em outras palavras: "Sim, esses caras são grandes. Mas, vejam só: Deus é ainda maior.

Todos nós temos gigantes que enfrentamos na vida. Seja um obstáculo, pessoa ou oposição, quaisquer que sejam os nossos gigantes, eles aparecem em nossas mentes todos os dias, procurando controlar as nossas vidas, nos machucar, atormentar e destruir.

Talvez você acorde de manhã apenas para se encontrar cara a cara com um gigante que diz: "Tornarei sua vida miserável hoje." Você se sente derrotado e paralisado pelo medo. O que você deveria fazer? Force esse gigante à luz do dia.

Lembra da história de Davi e Golias? Davi era apenas um menino pastor, enquanto Golias era um guerreiro desde a sua juventude. No entanto, Davi avaliou seu gigante e correu em sua direção. Ele não recuou; ele atacou seu gigante e o derrotou. E é assim que você enfrenta seus gigantes.

Romanos 8:31 nos lembra: "Se Deus é por nós, quem será contra nós?" Lembre-se de que, com Deus, um é maioria.

Um comentário: