sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Deus Procura Intercessores

"Disse o Senhor a Moisés: 'Tenho visto que este povo é um povo obstinado. Deixe-me agora, para que a minha ira se acenda contra eles, e eu os destrua. Depois farei de você uma grande nação.'" (Êxodo 32:9-10)

Moisés teve muitas frustrações com os israelitas. Ele havia reclamado deles pra Deus em várias ocasiões. Mas quando Deus disse a Moisés que os exterminaria, Moisés implorou a Deus que tivesse misericórdia.

Deus nunca iria acabar com essas pessoas. Ele estava testando Moisés para ver se ele aprenderia o que significava ser um intercessor. Moisés se colocaria entre Deus e o Seu povo e oraria pelas pessoas, ou as abandonaria à destruição certa?

No evangelho de João, encontramos alguém que passou por um teste semelhante. Um pai desesperado, cujo filho estava à porta da morte, ouviu falar de Jesus, humilhou-se e fez uma reverência diante do Senhor, pedindo que tocasse em seu querido filho. Jesus respondeu: "Se vocês não virem sinais e maravilhas, nunca crerão" (João 4:48).

Que tipo de coisa é essa para se dizer a alguém com uma criança que está morrendo? Mas, assim como Deus fez com Moisés, Jesus estava testando esse homem. Realmente, ele não estava dirigindo as palavras ao pai da criança. Ele estava falando às multidões inconstantes que queriam ficar impressionadas.

O homem ficou ali, esperando pacientemente Jesus terminar o Seu sermão. Então ele voltou a Jesus e disse: "Senhor, vem antes que meu filho morra!" Ele era um intercessor orando por seu filho.

Jesus disse-lhe: "Pode ir. O seu filho continuará vivo." (João 4:49-50)

Ele se colocou entre Deus e o seu filho. Ele pressionou.

Deus ainda procura por intercessores hoje. Às vezes, oramos por algo e não recebemos resposta imediatamente. Então pensamos que Deus está obviamente dizendo não. Mas talvez Deus queira que você intensifique a sua oração. Talvez ele queira que você ore um pouco mais. Talvez ele queira que você não desista tão facilmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário