quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Matar é Sempre Errado?

"Não matarás." (Êxodo 20:13)

Hoje vivemos numa sociedade violenta, repleta de luta e matança. Quase dois milhões de pessoas no mundo são vítimas de crimes violentos a cada ano. No entanto, o sexto mandamento diz: "Não matarás" (Êxodo 20:13).

Todo assassinato está errado, mas nem toda ação de matar está necessariamente errada. Essa é uma distinção importante a ser feita. Assassinar é matar, mas nem sempre matar é assassinar. Nunca devemos tirar a vida de outro ser humano sem um motivo justificável. Mas a Bíblia não condena todas as ações de matar. Se você estudar Números 35, verá que Deus estabeleceu uma diferença entre matar e assassinar.

Então, quando matar é certo? Um bom exemplo é a "legítima defesa". Você tem o direito de se defender. Um país também tem o direito, e efetivamente até a responsabilidade de se defender. Deus até estabeleceu autoridades, como os militares e a polícia. Romanos 13:3-4 diz: "Pois os governantes não devem ser temidos, a não ser por aqueles que praticam o mal. Você quer viver livre do medo da autoridade? Pratique o bem e ela o enaltecerá. Pois é serva de Deus para o seu bem. Mas, se você praticar o mal, tenha medo; pois ela não porta a espada sem motivo. É serva de Deus, agente da justiça para punir quem pratica o mal."

Quando Paulo fez essa declaração, a autoridade era o governo romano. Esse governo era uma força pura, moral e piedosa na terra? Claro que não. Mas mesmo assim, Paulo reconheceu que Deus estava realmente no controle. As autoridades podem não fazer sempre as coisas certas, mas Deus as estabeleceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário