sexta-feira, 13 de setembro de 2019

A Grande Comissão ou A Grande Omissão?

"Pensem nisto, pois: Quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado." (Tiago 4:17)

Se alguém em seu leito de morte estivesse proferindo suas palavras finais, você prestaria atenção? Acredito que sim. Se alguém escrevesse os seus últimos desejos num testamento, você tiraria um tempo para ler? Acho que sim.

Em Mateus 28 temos o testamento e a vontade final de Jesus, o que é conhecido como a Grande Comissão. Jesus disse: "Foi-me dada toda a autoridade no céu e na terra. Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos" (Mateus 28:18-20).

Esta é a mensagem de Cristo para cada um de nós. Mas quantos de nós estão realmente fazendo isso? Se você não está buscando cumprir a Grande Comissão, isso pode realmente ser um pecado. Alguns podem achar esta afirmação um pouco controversa, mas acho que é verdadeira.

Existem diferentes tipos de pecado identificados na Bíblia: os pecados cometidos e os pecados de omissão. Um pecado cometido é fazer algo que você não deveria fazer. Um pecado de omissão é não fazer o que você deveria.

A Bíblia nos diz em Tiago 4:17: "Quem sabe que deve fazer o bem e não o faz, comete pecado." No entanto, para muitos, a Grande Comissão se tornou a Grande Omissão. Pesquisas mostraram que 95% dos cristãos nunca levaram outra pessoa a Cristo.

O conceito completo de ir ao mundo e fazer discípulos, é compartilhar a sua fé, levar as pessoas a Cristo e com o melhor de sua capacidade, ajudá-las a amadurecer espiritualmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário