segunda-feira, 19 de agosto de 2019

O Essencial Para o Crescimento Espiritual

"Não deixe de falar as palavras deste Livro da Lei e de meditar nelas de dia e de noite, para que você cumpra fielmente tudo o que nele está escrito. Só então os seus caminhos prosperarão e você será bem sucedido." (Josué 1:8)

Billy Sunday foi um jogador de baseball profissional que aceitou Cristo em 1886. Naquele tempo, um cristão mais velho disse a ele que se ele seguisse este conselho, jamais iria repetir erros na vida: Tire 15 minutos por dia para deixar Deus falar com você. Tire 15 minutos por dia para falar com Deus. E tire 15 minutos por dia para falar a outros sobre o Salvador, Jesus Cristo. Sunday seguiu esse conselho e se tornou um dos maiores evangelistas da história, alcançando milhares e milhares de pessoas.

Se você quer ser um Cristão em crescimento, você deve ler, estudar e amar a Palavra de Deus. Por quê? Porque uma das primeiras coisas que o novo cristão irá enfrentar é a dúvida. Quando me converti a Jesus, eu não sentia nada emocionalmente, mas conseguia ver mudanças em minha vida. E logo depois comecei a duvidar. Pensei: puxa... e se isso não for de verdade?

Então fui me encontrar com um amigo cristão para dizer o que estava acontecendo, e ele disse: "Bem, você está passando por uma provação."

Eu disse: "Como assim, estou sendo julgado?".

"Não", ele disse. "Você não está sendo julgado em um tribunal ou algo do tipo." Então ele continuou explicando que eu estava sendo testado pelo Diabo. E aquilo era verdade.

Quando o Diabo chegou a Adão e Eva no Jardim do Éden, o que ele disse? Ele desafiou a Palavra de Deus: "Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais selvagens que o Senhor Deus tinha feito. E ela perguntou à mulher: "Foi isto mesmo que Deus disse: 'Não comam de nenhum fruto das árvores do jardim?'" (Gênesis 3:1)

Se você conhecer a Palavra de Deus, você poderá se defender dos ataques do Inimigo. É bom carregar uma Bíblia na bolsa, pasta ou smartphone, mas o melhor lugar para carregar a Palavra de Deus é no coração.

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Ore... Sempre!

"Então Jesus contou aos seus discípulos uma parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre e nunca desanimar." (Lucas 18:1)

Mesmo que a oração fosse algo difícil de fazer - o que não é; ou algo desagradável - o que não é; devemos orar porque somos ordenados nas Escrituras a fazê-lo. A oração é o caminho indicado por Deus para obtermos as coisas. Isso não significa que Deus é como um grande Papai Noel no céu. O fato é que a Bíblia nos diz que devemos ir a Deus com nossas necessidades. E todos nós temos necessidades.

Jesus disse: "Vocês, orem assim: ‘Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia." (Mateus 6:9-11). Jesus ensinou que devemos nos aproximar de Deus com nossas necessidades.

Você tem necessidades agora? Ore por isso. Você precisa da provisão Dele? Ore por isso. Você precisa do Seu toque de cura? Ore por isso. Vá a Deus com o seu pedido e seu Pai Celestial, que sabe que você precisa dessas coisas, ouvirá você.

Tiago 4:2 nos diz: "[...] Não têm, porque não pedem." Pense sobre isso. Você pode se perguntar: Por que nunca sei qual é a vontade de Deus para minha vida?

Resposta: Você não tem, porque não pede.

Você pode dizer: "Por que eu nunca tenho a oportunidade de levar as pessoas ao Senhor?"

Resposta: Você não tem, porque não pede.

Eu me pergunto quantas respostas à oração estariam esperando que simplesmente disséssemos: "Senhor, eu nunca trouxe isso diante de Ti, mas estou orando sobre isso agora." O pior cenário é Deus dizer não. Mas e se Deus disser sim?

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Aprendendo a Contentar-se

"[...] Aprendi a adaptar-me a toda e qualquer circunstância" (Filipenses 4:11)

Li sobre um homem que tinha muito orgulho de seu gramado extremamente bem cuidado. Era a perfeição absoluta - até que uma temporada cheia de Dentes-de-Leão chegou num ano e ele não conseguiu descobrir como se livrar daquilo. Finalmente, ele escreveu um e-mail para uma faculdade agrícola e contou-lhes sobre todas as coisas que tentara. Ele também perguntou se eles tinham alguma sugestão.

Eles responderam com um e-mail muito curto que dizia: "Sugerimos que você aprenda a amá-los."

Há momentos em que nos perguntamos: "Como posso fazer com que esse problema desapareça?" ou "Como posso tirar essa pessoa irritante da minha vida?" ou "Como posso mudar minhas circunstâncias?"

Às vezes Deus levará o problema embora. E, às vezes, Deus dirá: "Sabe de uma coisa? Você só precisa aprender a amá-los."

O apóstolo Paulo disse: "[...] Aprendi a adaptar-me a toda e qualquer circunstância" (Filipenses 4:11). Paulo não estava dizendo que ele necessariamente estava satisfeito com a sua atual condição espiritual. E, embora precisemos nos contentar com o que temos, nunca devemos nos contentar com onde estamos espiritualmente. Sempre deve haver um pouco de inquietação na vida de cada um de nós, para querer aprender mais, crescer mais e ser mais transformado, reconhecendo que ainda há uma grande distância a ser percorrida na corrida da vida.

Mas observe que Paulo usou a palavra aprendi. Ele aprendeu a se contentar em qualquer situação que estivesse. O contentamento não vem naturalmente. Precisamos aprender a estar contentes porque somos pessoas naturalmente descontentes.

Apesar das circunstâncias adversas que podemos enfrentar, podemos aprender a estar contentes no meio de um mundo conturbado.

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Por Hoje Basta

"Não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a cada dia o seu próprio mal" (Mateus 6:34)

Você já foi tomado pelo medo? Você sabe o que acontece? Seu sangue fica frio. Você sente aquele arrepio na espinha. Seus fios de cabelo ficam em pé. Seu estômago fica embrulhado. Sua boca fica seca.

Depois vem outra emoção, frequentemente associada ao medo: a preocupação. Há muitas coisas com as quais as pessoas podem se preocupar hoje. O estado do nosso país. Nossa economia. A ameaça de uma epidemia. Somos uma nação cheia de preocupações.

Mas não há nada de produtivo nisso. Em inglês, a palavra preocupação (worry) vem de uma antiga palavra alemã que significa "sufocar" ou "estrangular." E é exatamente isso que a preocupação faz. Ela engasga você espiritualmente. Isso cria um estrangulamento emocional e mental em sua vida. E não melhora nada. Na verdade, ela piora as coisas. É por isso que Jesus disse no Sermão da Montanha: "Não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a cada dia o seu próprio mal" (Mateus 6:34).

Paulo lidou com esse problema em Filipenses 4:6 quando escreveu: "Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus." Onde estava Paulo quando ele escreveu essas palavras? Ele estava encarcerado em Roma. Ele não sabia o que iria acontecer com ele. Então, Paulo estava em uma situação difícil e o que ele disse? "Não se preocupe com nada; em vez disso, ore sobre tudo."

A questão envolvendo a preocupação é que as nossas esperanças nos puxam para uma direção, enquanto os nossos medos nos puxam para outra. Quando você se preocupa com o futuro, você se enfraquece no presente. A preocupação não esvazia a tristeza do amanhã; ela esvazia a força do hoje.

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Especialistas em Sermões

"Tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim, ponham-no em prática. E o Deus da paz estará com vocês." (Filipenses 4:9)

Temo que existam muitos especialistas em sermões por aí hoje em dia. Você provavelmente já ouviu falar deles. Eles gostam de comparar os pregadores: "Bem, gosto desse pregador. Ele é bom nessa área, mas é fraco nessa outra. Agora esse outro cara..."

Mas isto não é o The Voice; isto é a Palavra de Deus. Precisamos pegar o que Deus diz e aplicar em nossas vidas. Se o fizermos, poderemos resistir às tentações e às provações da vida. E se não o fizermos, desmoronamos como um castelo de cartas.

Jesus disse: "Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as pratica é como um homem prudente que construiu a sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram contra aquela casa e ela não caiu, porque tinha seus alicerces na rocha" (Mateus 7:24-25).

Podemos participar de estudos bíblicos a semana toda, mas eles não nos farão bem algum se não aplicarmos o que aprendemos. A Bíblia nos diz que não devemos ser apenas ouvintes da Palavra, mas praticantes. E se somos apenas ouvintes, então somos como pessoas que se olham no espelho e depois esquecem como são (ver Tiago 1:22–24).

O que você escolhe fazer com a Palavra de Deus depende de você: se vai ou não aplicá-la; se decidirá encher a sua mente com besteiras, ou guardar a sua mente e enchê-la com a Palavra de Deus e tomar decisões corretas para a um vida plena.

Ore para que Deus lhe dê o poder de viver a vida que Ele lhe chamou para viver.

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Controle da Mente

"Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas." (Filipenses 4:8)

Nós escolhemos aquilo que pomos na boca. A comida não pula sozinha para dentro. Decidimos se comemos isso ou aquilo. Pegamos, mordemos, mastigamos (ou pelo menos deveríamos mastigar), e aí engolimos. E quando começamos a engordar, é porque pusemos coisas erradas na boca.

Do mesmo modo, decidimos o que passa por nossas cabeças. Deixamos entrar certos pensamentos e deixamos outros de fora. Isso é importante, pois a primeira tentação que Eva sofreu foi a de ter pensamentos falsos acerca de Deus. Lemos em Gênesis 3:1: "Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais selvagens que o Senhor Deus tinha feito. E ela perguntou à mulher: Foi isto mesmo que Deus disse: 'Não comam de nenhum fruto das árvores do jardim'?"

Note que ele não veio até Eva e disse: "Oi, sou o Diabo, inimigo de Deus. Você já deve ter ouvido falar." Não, ele foi mais sutil. Ele veio serpenteando como cobra.

Quando eu era criança, colecionava cobras. Tinha aves e peixes tropicais, mas também cobras. O problema com as cobras é que elas estão sempre tentando escapar da gaiola. Conseguem fugir dos menores lugares, então é preciso ficar de olho nelas.

O Diabo é assim. E é por isso que precisamos controlar o que passa pela nossa mente. É nela que sonhamos. É nela que consideramos. É nela que raciocinamos. Com nossas mentes podemos alcançar o passado, por meio da memória, e o futuro, por meio da imaginação.

Então treine a sua mente para pensar apropriadamente e biblicamente. Não emocionalmente.
Encha-a com a Palavra de Deus.

sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Tudo o Que Você Precisa

"O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus." (Filipenses 4:19)

Alguns pregadores de hoje enfatizam muito as palavras próspero e prosperidade. Eles dizem que Deus quer que todos sejam ricos e saudáveis. E assim você deve apenas pedir, e Deus dará a você. Esse é o foco deles. Mas, isso está errado.

Existe um lugar para a prosperidade - a prosperidade bíblica. Pode ser monetária. Deus pode abençoá-lo com muito trabalho ou muitos recursos. Mas devemos ser cuidadosos com os recursos que Deus nos dá. A Bíblia diz: "O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus" (Filipenses 4:19). Porém, não vamos entender mal este versículo. Por trás de cada promessa existe uma premissa. O versículo 19 está inserido no contexto de Filipenses 4.

Você tem necessidades porque você foi tolo com relação ao que Deus lhe deu? Então não seja tão rápido para invocar essa promessa. Contextualmente, há pressuposição de que você esteja vivendo da maneira que Paulo fala em Filipenses 4.

Além disso, esse versículo se aplica a mais do que apenas dinheiro. Se o seu casamento está em apuros, Deus suprirá todas as suas necessidades de acordo com as Suas riquezas na glória em Cristo Jesus. Se você é solteiro e procura pela pessoa certa, Deus suprirá todas as suas necessidades de acordo com Suas riquezas em glória por Cristo Jesus. Se você precisar de um toque físico de Deus, Ele suprirá todas as suas necessidades de acordo com Suas riquezas em glória por Jesus Cristo . E sim, se você tem uma necessidade financeira, Ele pode suprir todas as suas necessidades de acordo com Suas riquezas na glória em Cristo Jesus.

Mas vamos ser sábios administradores com o que Ele nos tem dado. E lembremos que a felicidade e o contentamento não vêm das coisas; vem de um relacionamento com Deus.

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

O Que Está Te Atrasando?

"Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo" (Filipenses 3:8)

Quando se trata de malas, sou o pior pesadelo de todos. Levo mais coisas do que acabo usando e estou sempre apertando minha bagagem volumosa no compartimento do avião. A ideia é viajar o mais leve possível, mas raramente consigo fazer isso.

O mesmo princípio é verdadeiro em nossas vidas espirituais. Precisamos deixar de lado as coisas que nos afundam espiritualmente. Hebreus 12:1 nos diz: "Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta."

O apóstolo Paulo escreveu em Filipenses: "Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo" (Filipenses 3:8).

Amo essa palavra, "esterco". Parece tão apropriada. Mas a partir da língua original, a palavra esterco que Paulo usou em Filipenses 3:8 pode ser traduzida como "desperdício", "estrume", "adubo" ou "excremento". Paulo estava se referindo às suas credenciais religiosas e ao seu "pedigree", que eram bem impressionantes. No entanto, ele estava dizendo: "Todas essas coisas que costumavam significar muito para mim, não significam nada agora. É esterco. É inútil em comparação com a excelência de conhecer Jesus Cristo como Senhor."

Então, frequentemente, devemos nos perguntar: há algo ou alguém que está me atrasando na corrida da vida? Se assim for, coloque-os de lado. Corra do que está te derrubando. E corra para o que vai te levantar.

quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Novas a Cada Manhã

"Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a tua fidelidade!" (Lamentações 3:22-23)

De vez em quando encontro pessoas "das antigas". Normalmente começamos a conversar e elas dizem: "Lembra daquela época? Como era legal, né?"

"Sim, realmente era legal. Mas então, você tem se reunido com quais irmãos de fé atualmente?"

Algumas vezes elas dizem que na verdade não têm se reunido. O que estão é apenas vivendo os dias, como "nas antigas". Mas nunca passam a viver os dias de agora. Ou seja, tudo continua na mesma.

Para algumas pessoas, tudo se resume ao que Deus fez há 20 ou 30 anos. Eu estou mais interessado no que Deus faz hoje. E quero ver o que Ele irá fazer amanhã. O passado é interessante para mim só até o ponto onde posso aprender com ele. Não quero repetir os mesmos erros. Consigo me lembrar, claro, de grandes coisas que Deus fez, e oro para que Ele as faça novamente.

Há momentos para lembrarmos de fatos, mas não nos atentemos somente às vitórias do passado, as quais podem nos tirar o foco de fazer o que Deus quer que façamos hoje. A Bíblia diz que "as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã" (Lamentações 3:23)

É por isso que Paulo disse "esquecendo-me das coisas que ficaram para trás..." (Filipenses 3:13). Se tinha alguém que poderia se gloriar de seus feitos e sua história, esse alguém era Paulo. Ele tinha um pedigree de respeito. E se tinha alguém que poderia ser condenado por seu passado, esse alguém também era Paulo. Antes dele se tornar o grande apóstolo, ele era o notório Saulo de Tarso, o assassino de Cristãos. Mas ele não iria se permitir entrar em distração por suas vitórias passadas ou se remoer em seus pecados de anos atrás. E nós também não deveríamos.

Deus quer fazer novas obras em nossas vidas hoje. E quer fazer outras novas amanhã.

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Festa Contínua

"Todos os dias do oprimido são infelizes, mas o coração bem disposto está sempre em festa." (Provérbios 15:15)

A Bíblia promete um coração alegre ao seguidor de Jesus Cristo. Provérbios 15:15 diz que um "coração bem disposto está sempre em festa", e o Salmo 16:11 nos diz "Tu me farás conhecer a vereda da vida, a alegria plena da tua presença, eterno prazer à tua direita."

No entanto, alguns crentes agem como se tivessem sido batizados em suco de limão, pois estão sempre desanimados com alguma coisa! E o apóstolo Paulo, nas piores circunstâncias imagináveis, disse: "Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: Alegrem-se!" (Filipenses 4:4). Ele estava efetivamente dizendo: "Olha, se eu posso me alegrar onde estou, então você definitivamente também pode se alegrar onde está."

Qualquer um pode se alegrar quando as coisas estão indo razoavelmente bem, mas quando você está enfrentando dificuldades e ainda se alegra, aí sim você está obedecendo a Deus.

Considere as palavras de Habacuque 3:17-18: “Mesmo não florescendo a figueira e não havendo uvas nas videiras, mesmo falhando a safra de azeitonas e não havendo produção de alimento nas lavouras, nem ovelhas no curral, nem bois nos estábulos; ainda assim eu exultarei no Senhor, e me alegrarei no Deus da minha salvação." Habacuque não disse que se alegraria nas suas circunstâncias; ele disse que se alegraria no Senhor.

É como dizer: "Mesmo quando meu carro for roubado, houver várias contas não pagas e todos na família estarem doentes, eu ainda assim vou me alegrar no Senhor."

Deus ainda é Soberano. Deus ainda nos ama. E Ele prometeu que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que O amam. Ele também prometeu que nunca nos deixará ou nos abandonará. Então podemos nos alegrar!

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Um Oásis de Esperança

"Alegrei-me com os que me disseram: 'Vamos à casa do Senhor!'" (Salmos 122:1)

Acho que, às vezes, nos aproximamos da igreja mais do ponto de vista dos consumidores do que dos consumistas. Podemos pensar em ir à igreja da maneira como pensamos em ir ao cinema: a que horas começa o filme? Às sete? Bem, eles passam os trailers nos primeiros vinte minutos, então chegaremos lá por volta das sete e quinze. Vamos estacionar e pegar um pouco de pipoca primeiro. E quando o filme acabar, não queremos esperar pelos créditos, então nos levantaremos e sairemos.

Podemos ter a mesma mentalidade em relação à igreja. Ah, bem, é apenas aquele material de adoração no começo... Vou chegar atrasado e talvez checar meus textos e e-mails enquanto espero. Ah, e vou sair mais cedo.

Mas esse não é o caminho para ir à igreja. A igreja é um lugar de adoração. É a casa de Deus e os crentes são a família de Deus. Então, precisamos mudar a maneira como pensamos sobre isso. Adoração não é o ato de abertura; adoração é a oração definida para a música. É um tempo de comunhão com Deus.

E não devemos ir à igreja apenas para satisfazer as nossas necessidades. Às vezes, as pessoas vão às igrejas diferentes porque gostam do estilo de música de uma igreja ou do ensino de outra igreja. Mas isso na verdade não é espiritualmente bom para nós.

Precisamos de um lugar consistente para podermos obter uma teologia consistente. Também precisamos de um lugar para prestar contas àqueles que nos conhecem e podem nos avaliar e nos ajudar na vida, pois também os ajudamos. Precisamos de um lugar para desenvolver os nossos dons e servir ao Senhor.

A igreja é como um oásis de esperança em um deserto de desesperança.

sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Um Deus Sofredor

"Pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado. Assim sendo, aproximemo-nos do trono da graça com toda a confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos graça que nos ajude no momento da necessidade." (Hebreus 4:15,16)

Quando a dificuldade atinge algumas pessoas, elas se afastam de Deus. Algo ruim, que não faz sentido, acontece com elas e elas concluem que não pode haver um Deus se algo assim pode acontecer com elas. Elas se voltam contra Ele e buscam um sistema de crenças que acomode os seus sentimentos.

Mas o nosso Deus é um Deus sofredor. Jesus Cristo era Deus encarnado e ninguém nunca sofreu como Ele. Ele não apenas suportou a dor física do açoite, do espancamento e da crucificação, mas levou sobre si todos os pecados do mundo quando foi pendurado na cruz do Calvário e gritou: "Meu Deus! Meu Deus! Por que me abandonaste" (Mateus 27:46).

Quando você está sofrendo, precisa saber que há um Deus que sabe o que você está passando. Você encontrará em Jesus um Sumo Sacerdote misericordioso e um amigo fiel que sente a sua dor. Hebreus 4:15 diz: "Pois não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas, mas sim alguém que, como nós, passou por todo tipo de tentação, porém, sem pecado."

Não podemos viver em um mundo sem dor, por mais que a gente tente. Quando o problema vier (e ele virá), quando a crise bater à sua porta (e ela baterá), você poderá escolher entre ficar zangado com Deus ou voltar-se para Ele e confiar Nele.

Quando algo de ruim acontece, você poderá dizer: "Estou bravo com Deus. Estou amargurado com Deus." OK. Essa é a sua escolha. Mas você também poderá dizer: "Vou confiar em Deus. Vou me apegar em Deus." E, como resultado, você se sentirá melhor. A decisão é totalmente sua!

quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Corra Leve

"'Tudo é permitido', mas nem tudo convém. 'Tudo é permitido', mas nem tudo edifica." (1 Coríntios 10:23)

Já fui uma dessas pessoas que comem de tudo e não engordam nada. Quando eu tinha vinte e poucos anos, eu comia um negócio chamado pastel gigante completo. Ele mal cabia na mesa, mas eu comia e não ganhava nem meio quilo. Agora, se eu chego a pensar num pastel daqueles eu já ganho peso. Não consigo mais fazer o que fazia.

Hebreus 12:1 nos diz: "Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve [...]." O que atrapalha uma pessoa pode não atrapalhar outra. Às vezes vemos outro cristão fazer uma coisa e dizemos: "Vou fazer isso também." Mas o que não é prejudicial a ele pode ser prejudicial a você.

Pecado é pecado. E pecado é a mesma coisa para todo mundo. Mas há certas coisas que alguns têm liberdade para fazer e outros não. Então temos que olhar essas coisas e não apenas nos questionar se são permitidas. Temos que questionar ainda se são construtivas. Não se trata de perguntar: "Isso é permitido?" Trata-se de perguntar: "Isso é edificante?" Então, faça a si mesmo essa pergunta seguidamente.

O apóstolo Paulo disse: "'Tudo é permitido', mas nem tudo convém. 'Tudo é permitido', mas nem tudo edifica" (1 Coríntios 10:23). Noutras palavras, o fato de algo ser permitido ao cristão não implica necessariamente que aquilo deva ser feito. Talvez prejudique. Vamos correr a corrida que nos foi proposta levando o mínimo possível de peso.