quarta-feira, 17 de julho de 2019

Unidade, Liberdade e Caridade

"Minha oração não é apenas por eles. Rogo também por aqueles que crerão em mim, por meio da mensagem deles, para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste." (João 17: 20,21)

Você já notou que há algumas pessoas que gostam de lutar? Elas gostam de discutir e são infelizes quando estão felizes. Então encontram algo para se preocupar, algo novo para discutir. Elas amam o conflito. É um jeito triste de viver.

Eu sabia tudo. Eu tinha resposta pra tudo. E se você tivesse uma visão diferente da minha, eu ia tentar te convencer da minha.

Eu não me sinto mais assim. Obviamente, quero que todos acreditem em Jesus. Mas se você tem uma visão ligeiramente diferente da verdade teológica, não sinto que é meu trabalho convencê-lo. Eu gosto desta declaração sobre os crentes: "No essencial, unidade; no não essencial, liberdade; em todas as coisas, caridade." A palavra essencial refere-se às mais importantes doutrinas teológicas, como a da Bíblia sendo a Palavra de Deus, sendo Jesus Cristo o único caminho para o Pai, e a salvação vindo através de Cristo e somente Dele. Esses são os essenciais. No essencial, unidade. Nós nunca cedemos no essencial. 

Mas em coisas não essenciais, liberdade. O que não é essencial? Coisas como o estilo musical. Algumas pessoas gostam de música alta. Outras pessoas a preferem baixa. Algumas pessoas gostam de um certo estilo. Outras preferem outro estilo. Esses são problemas secundários. Nunca devemos nos dividir por causa deles. No que não for essencial, liberdade.

Por último, em todas as coisas, caridade, que é um sinônimo da palavra amor. Use o amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário