sexta-feira, 5 de julho de 2019

O Poder da Integridade

"Para discernirem o que é melhor, a fim de serem puros e irrepreensíveis até o dia de Cristo, cheios do fruto da justiça, fruto que vem por meio de Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus." (Filipenses 1:10-11)

Na antiga Roma, a cerâmica de qualidade era consideravelmente fina e frágil, e muitas vezes trincava depois de ir ao fogo. Em vez de refazer a peça, lojas inescrupulosas preenchiam as rachaduras com uma cera escura e firme, e vendiam a peça como nova.

Aí o cliente levava sua aquisição para casa e a colocava do lado de fora de casa, e sob o ardente sol do Mediterrâneo algumas partes dela derretiam. Aí ele ia de volta com a cerâmica à loja e dizia ao dono: "Que é isso? Não pode. Quero uma sem cera."

Era isso que Paulo queria dizer ao orar para que os fiéis de Filipos fossem "puros e irrepreensíveis." A palavra "puros" é às vezes traduzida como "sem mistura." Então Paulo estava dizendo, em essência: "Sigam adiante com a vida sem falhas morais." Ele escreveu em 1 Coríntios 10:32-33: "Não se tornem motivo de tropeço, nem para judeus, nem para gregos, nem para a igreja de Deus. Também eu procuro agradar a todos de todas as formas. Porque não estou procurando o meu próprio bem, mas o bem de muitos, para que sejam salvos." Outro modo de traduzir isso seria: "Não dê ao descrente motivo para não crer."

Jesus guardou suas palavras mais contundentes não para os pecadores em dificuldades, mas para os crentes hipócritas, que pareciam ser uma coisa quando na verdade eram outra.

Então vamos nos assegurar para que não sejamos pessoas que tragam repreensão contra o nome de Jesus Cristo. Cada um de nós tem uma esfera de influência. Cada um de nós tem um grupo de pessoas que nos observa atento. Elas esquadrinham cada palavra e torcem para que façamos bobagem. Quando você anda com Deus, vive uma vida cristã e faz o que Ele quer que você faça, algumas delas ficam doidas. E com razão. É o poder de um bom testemunho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário