sexta-feira, 3 de maio de 2019

Partir Para Navegar

"[...] E já não sei o que escolher! Estou pressionado dos dois lados: desejo partir e estar com Cristo, o que é muito melhor" (Filipenses 1:22-23)

A palavra que o apóstolo Paulo usou para partir, no versículo acima, poderia ser traduzida de várias maneiras diferentes. Uma definição significa "desmontar a tenda." Em outras palavras: levantar acampamento. Para ser honesto com você, minha parte favorita de toda a experiência de acampar é quando estamos nos preparando para levantar acampamento e ir embora. Mal posso esperar para chegar em casa e tomar um banho quente. Nesta passagem, Paulo está dizendo: "Estou pronto para levantar acampamento, deixar este lugar e seguir em frente. Amigos, eu mal posso esperar."

A palavra partir também poderia ser usada para descrever um prisioneiro sendo libertado dos grilhões. Ironicamente, quando Paulo fez essa afirmação, ele foi realmente acorrentado em uma masmorra em Roma. Suas correntes eram feitas de ferro, mas talvez você esteja lidando com correntes de um tipo diferente: Um vício em drogas, álcool ou pornografia. Seja o que for, Paulo estava dizendo que está chegando o dia em que seremos libertados desses grilhões.

Há ainda uma outra maneira de se traduzir a palavra partir. Ela também foi usada para descrever o desatar de um barco de suas amarras, antes de sair para navegar. 

Compreensivelmente sentimos uma grande tristeza quando um ente querido nos deixa, e às vezes sentimos muito por aquela pessoa. Mas pare e pense sobre isso. Pense no porto que eles deixaram e no porto para o qual irão. Se você estivesse no cais e dissesse adeus a alguém que partisse em um velho cargueiro enferrujado e com vazamento com destino à Sibéria, bem, isso seria bem triste. Mas se você foi até o cais e viu que eles estavam embarcando em um navio de cruzeiro lindo e novo com destino ao Taiti, você pode estar mais inclinado a sentir pena de si mesmo. Afinal, você seria aquele deixado em terra, e seu amado ou amada estaria a caminho de uma grande aventura e um belo destino.

E o Paraíso, na presença de Jesus Cristo, é exatamente como Paulo descreveu: "é muito melhor" - infinitamente melhor que a vida na terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário