segunda-feira, 20 de maio de 2019

O Privilégio da Oração

"Vocês cobiçam coisas, e não as têm; matam e invejam, mas não conseguem obter o que desejam. Vocês vivem a lutar e a fazer guerras. Não têm, porque não pedem." (Tiago 4:2)

Creio firmemente que alguns cristãos hoje não têm a provisão, a cura ou bênção de Deus em suas vidas simplesmente porque eles não pedem por isso.

Não estou dizendo que Deus nos dará tudo o que pedirmos. Quero dizer que muitos de nós estão perdendo muitas das coisas que Deus tem para nós. A Bíblia diz: "Vocês não tem porque não pedem" (Tiago 4:2).

Alguns cristãos rezam apenas como último recurso, quando tudo o mais falha, depois de terem chamado todos os amigos e parentes. Quando ninguém pode ajudá-los, eles dizem: "O que mais eu posso fazer? Tudo o que posso fazer agora é orar." Mas a oração não deve ser o nosso último recurso. Deve ser o primeiro, a primeira coisa a ser feita.

O velho hino de William Cowper diz: "Satanás treme quando vê o santo mais fraco de joelhos." O diabo não quer que você ore. Ele fará tudo o que puder para distraí-lo, desviá-lo ou desencorajá-lo a voltar-se para o Senhor em oração. Por quê? Porque ele tem medo do poder que pode ser exercido através da oração. Ele sussurra: "Não ore. Tente isso. Tente aquilo. Você não é digno de orar. Deus não vai ouvir você. A oração é chata e você não é bom nisso." Ele fará de tudo para evitar que você se aproxime do trono de Deus.

O Senhor nos deu este convite no livro de Jeremias: "Clame a mim e eu responderei e lhe direi coisas grandiosas e insondáveis que você não conhece" (Jeremias 33:3).

A oração é um privilégio dado aos filhos de Deus. Deus ouvirá a oração de um incrédulo que clama a Ele por perdão, mas somente uma pessoa que colocou a sua fé em Cristo pode ter uma vida de oração. Então ore com fervor. Ore com energia. Ore continuamente. Não desista, porque você nunca sabe o que Deus fará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário