segunda-feira, 6 de maio de 2019

Confiando em Tempos Sombrios

"Por essa razão, ajoelho-me diante do Pai, do qual recebe o nome toda a família nos céus e na terra" (Efésios 3:14-15)

Por que Deus ainda permite que Satanás exista? Você já se perguntou isso? Como o maligno mesmo diz em Jó 1:7, ele está perambulando e andando pela terra. Ele procura por problemas e vidas para arruinar. Tenta fazer os santos tropeçar. Por que Deus permite que ele continue? Por que o Senhor simplesmente não o expulsa, como Ele poderia fazer em um nanosegundo?

Você pode se surpreender ao saber que Satanás, em seu próprio caminho distorcido, serve aos propósitos de Deus. Você pode perguntar: como assim?

Considere o seguinte: Satanás involuntariamente desempenhou um papel importante na cruz de Cristo. Em seu profundo ódio pelo Filho de Deus, o diabo achava que seria uma grande ideia ter Jesus traído, preso, espancado e depois crucificado.

Tudo correu de acordo com o plano de Satanás. Como Jesus disse à multidão que veio para prendê-lo, "Mas esta é a hora de vocês — quando as trevas reinam" (Lucas 22:53).

O poder das trevas realmente reinou naquele dia, e o plano de Satanás foi executado. Mas o plano de Deus também foi executado. O que o maligno não sabia era que o plano do Pai sempre foi que o Messias morreria pelos pecados do mundo. Na profecia de Isaías lemos que "contudo foi da vontade do Senhor esmagá-lo e fazê-lo sofrer" (Isaías 53:10). Sem saber que ele estava cometendo seu maior erro desde a sua rebelião contra Deus, Satanás participou no plano e propósito de Deus quando, em sua raiva e ódio, inspirou Judas Iscariotes a trair Jesus por trinta moedas de prata (Zacarias 11:12-13).

A melhor tentativa de Satanás contra Deus e o Seu povo foi a crucificação de Jesus Cristo. E nesse ato ele não só involuntariamente selou a sua própria desgraça, mas também abriu a porta para que Jesus oferecesse redenção e salvação a todo o mundo.

Lembre-se, então: se você se segurar em Deus e confiar Nele nos tempos sombrios, as tentativas de Satanás contra você também acabarão trabalhando para o seu bem e para a glória de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário