terça-feira, 23 de abril de 2019

Para Confortar os Outros

"Pois assim como os sofrimentos de Cristo transbordam sobre nós, também por meio de Cristo transborda a nossa consolação." (2 Coríntios 1:5)

Se alguém acaba de descobrir que está com câncer e se você for um sobrevivente de câncer, você não tem ideia de quanto encorajamento e perspectiva você pode trazer para essa pessoa, que está se sentindo como se condenada à morte.

Se você teve alcoolismo em seu passado e Deus graciosamente livrou-lhe dessa praga e impediu que você caísse nela novamente, sua vida pode trazer uma grande esperança para alguém que ainda está nas garras do vício.

Ou talvez um casal que você conheça tenha perdido uma criança devido a uma doença ou a um terrível acidente e eles estejam à beira do desespero, sentindo que não sobreviverão ao dia de amanhã. Mas, digamos que você também tenha perdido uma criança no passado e Deus lhe trouxe cura. Então você poderá lhes dizer: "Nós também perdemos uma criança e foi a coisa mais difícil pela qual já passamos. Mas, embora ainda choremos por nosso filho e sintamos a sua falta todos os dias, lidando ainda com muita dor, queremos que você saiba que Deus pode ajudá-lo em cada passo do caminho. A Sua Graça realmente será suficiente para você."

Você não tem ideia de quanto conforto isso pode trazer. E seria algo que só você poderia dizer. Ninguém mais poderia dizer essas palavras com tanta credibilidade. Só quem passa sabe realmente como é.

O apóstolo Paulo, que conheceu bem o que é o sofrimento, escreveu: "Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda a consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações. Pois assim como os sofrimentos de Cristo transbordam sobre nós, também por meio de Cristo transborda a nossa consolação" (2 Coríntios 1:3-5).

Deus lhe dará esse conforto - muito além do que você possa imaginar - para que você possa confortar os outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário