quarta-feira, 27 de março de 2019

O Que Você Sabe?

"E disse: 'Saí nu do ventre da minha mãe, e nu partirei. O Senhor o deu, o Senhor o levou; louvado seja o nome do Senhor'" (Jó 1:21)

Pense na maneira como Jó reagiu a circunstâncias devastadoras. Pense em ver a sua vida desmoronando! Jó perdeu sete filhos e três filhas num dia inimaginável. Além de perder todos os seus bens e a sua saúde. Mas o que Jó fez? A Bíblia diz que ele não pecou nem de nada culpou a Deus (ver Jó 1:22). Em vez disso, ele clamou ao Senhor.

Mas, é preciso dizer que Jó chegou a questionar Deus nos dias subsequentes, perguntando: "Senhor, por quê?" Não há nada de errado em perguntar a Deus o por quê, contanto que você não tenha a ideia de que Ele, de alguma forma, lhe deva uma resposta. Francamente, Deus não deve explicações nem a você nem a mim e nem a ninguém.

Em relação à recente tragédia de nossa família, eu também perguntei o por quê? Por quê isso aconteceu? Por que não poderia ter sido eu em vez de meu filho Christopher? Por que o Senhor o levou? Eu, obviamente tenho muitas perguntas desse tipo em meu coração.

Pouco depois da morte de Christopher, o pastor Chuck Smith fez essa declaração para mim: "Nunca troque o que você não sabe pelo que você sabe." Essas palavras me fizeram refletir um pouco. Eu me perguntei: Bem, o que eu sei com certeza?

Sei que Deus me ama.
Sei que Deus amou e ama o meu filho.
Sei que Deus ama a família que permanece comigo.
Sei que Christopher está bem e vivo, no melhor lugar que ele poderia estar. Sei que Deus pode fazer coisas boas surgirem de coisas más.
Sei que todos nós estaremos juntos novamente - não muito tempo a partir de agora - no Outro Lado.

Eu conheço essas coisas. Estou tão certo quanto posso estar. Então, estou fazendo a escolha de me apoiar naquilo que conheço, em vez de me apoiar naquilo que eu não sei.

Então, se você me perguntasse: "Greg, por que isso aconteceu?" A minha resposta seria: "Eu não sei. E eu não sei se algum dia eu saberei.
Só sei que preciso de Deus agora, mais do que todas as vezes em que precisei Dele em minha vida inteira."

Nenhum comentário:

Postar um comentário