quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

O Espelho da Lei de Deus

"Aquele que ouve a palavra, mas não a põe em prática, é semelhante a um homem que olha a sua face num espelho e, depois de olhar para si mesmo, sai e logo esquece a sua aparência." (Tiago 1:23-24)

Algumas pessoas realmente gostam de espelhos. Elas estão sempre olhando para eles. Quando estão dirigindo, deixam o espelho retrovisor apontado para si mesmas, em vez de apontar para a estrada atrás delas. Se estão em um restaurante que tem um espelho na parede, querem estar sentadas na frente dele para que possam olhar para si mesmas. Essas pessoas nunca perdem a oportunidade de dar uma rápida olhada em si mesmas, se houver um espelho por perto. Alguns de nós, por outro lado, não gostam muito de espelhos. De fato, passamos a não gostar de espelhos, especialmente no início da manhã.

Um espelho reflete a sua imagem e isso não é necessariamente uma coisa ruim. Por exemplo, imagine que você está saindo de um restaurante indo de volta para o trabalho e percebe que todos estão rindo para você. Você pensa: devo estar bonito(a)! Todos me amam. Então você se vê de relance num espelho e descobre porque todos estão rindo. Você não só acabou de comer o seu almoço: você está usando-o. Um pedaço de massa está preso em seu queixo, com molho e tudo. Que embaraçoso, né? Teria sido bem melhor se você tivesse visto isso no espelho e resolvesse o problema, antes de passar o resto do dia com aquele macarrão no queixo. O espelho estaria mostrando algo em você que precisava ser consertado.

Da mesma forma, a lei de Deus é como um espelho moral. Quando olhamos no espelho da lei de Deus, vemos que grandes mudanças precisam acontecer. Também percebemos que não podemos manter as coisas como estavam. Então esse espelho nos leva a Jesus.

Um comentário: