terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Devoção de Todo o Coração

"Quando Jesus ressuscitou, na madrugada do primeiro dia da semana, apareceu primeiramente a Maria Madalena, de quem havia expulsado sete demônios." (Marcos 16:9)

De tantas pessoas a quem Jesus poderia ter aparecido primeiro depois de Sua ressurreição, Ele foi aparecer a Maria Madalena. É interessante pensar nisso porque, entre os judeus daquela época, testemunho de mulher não era lá muito valorizado. Na verdade, alguns rabinos ensinavam, erradamente, que seria melhor queimar-se o texto da Lei do que ele ser pregado por uma mulher. Ainda assim Jesus escolheu uma mulher para ser o primeiro arauto da Sua ressurreição.

Também vale notar que as mulheres foram as últimas a sair de perto da cruz e as primeiras a ir ao túmulo. Maria teve a coragem que muitos homens não tiveram quando Jesus foi crucificado. Ela esteve com Ele ao longo de tudo. Na verdade, a Bíblia nos conta que, depois d'Ele ser crucificado, Maria observou "onde Ele fora colocado" (Marcos 15:47). Ela assistiu quando tiraram o Seu corpo crucificado da cruz, envolveram-no em panos e O puseram num túmulo que pertencia a José de Arimateia. E enquanto os guardas decidiam se colocavam ou não um soldado junto ao túmulo, ela passou a noite inteira lá sozinha, antes dos guardas chegarem — antes dos discípulos chegarem.

E seu amor foi recompensado. Deus disse: "Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração" (Jeremias 29:13). Deus recompensa a pessoa diligente. E aos que dedicam tempo do dia para buscar o Senhor, aos que dedicam tempo para ler a Sua Palavra, aos que dedicam tempo para servi-Lo. A esses é que Ele revela Suas verdades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário